fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Brasil vence Bulgária e fecha etapa sérvia da Liga Mundial com pé direito

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A Seleção Brasileira masculina de vôlei venceu mais uma na manhã deste sábado pela Liga Mundial de vôlei. O time do técnico Bernardinho mostrou mais uma vez ter superado o revés para a Sérvia e bateu os rivais búlgaros por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/21 e 25/12, fechando a etapa sérvia com o pé direito antes de embarcar para a França.

O Brasil começou o duelo contra os búlgaros ligado e logo nos primeiros momentos da partida já conseguiu abrir importante vantagem para administrar o primeiro set. Confortáveis, os comandados do técnico Bernardinho dominaram os adversários durante toda a parcial e contando com ótimos ataques de Lucarelli e Wallace a equipe não teve dificuldades para abrir 1 a 0, fechando em 25/14.

Ao contrário do que foi a parcial anterior, o segundo set contou com uma Bulgária ligada e dificultando a vida dos brasileiros, que já não encontravam a mesma facilidade para virar as bolas. Contando com ótimos saques e maior eficiência na recepção, os adversários permaneceram igualados com a Seleção Brasileira até os últimos pontos, no entanto, com bom papel do bloqueio e do saque, o time de Bernardinho assumiu a frente para fechar mais uma parcial, desta vez de maneira acirrada, por 25/21.

Bastou a Seleção Brasileira seguir na mesma toada no terceiro set para garantir mais uma vitória nesta Liga Mundial. A equipe contando com um aproveitamento excelente no saque e dificultando a vida dos atacantes búlgaros com o bloqueio, o time aproveitou muito bem esses fundamentos para fechar a partida em 3 a 0 e ganhar ainda mais confiança após o revés contra a Sérvia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Brasil agora segue para Nancy, na França, onde acontece a próxima etapa da Liga Mundial de vôlei. O time de Bernardinho entra em quadra na próxima sexta-feira, quando enfrenta a Polônia, dando sequência na sua busca pela classificação à fase final do torneio. Ainda na cidade francesa a equipe também terá pela frente a Bélgica e os donos da casa.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade