Siga o Jornal de Brasília

Futebol

Brasil tem chances reais de mais três ouros

Publicado

em

Jorge Eduardo Antunes
Enviado especial ao Rio de Janeiro

O Brasil tem três chances de subir ao degrau mais alto do pódio hoje, na canoagem de velocidade, na vela e no vôlei de praia. A primeira medalha pode vir logo cedo, com Isaquias Queiroz disputando o ouro pela manhã, na canoa individual 200m masculino, na Lagoa Rodrigo de Freitas. À tarde, a chance é na vela, na Baía de Guanabara, na classe 49er FX feminino, com Martine Grael e Kahena Kunze. E à noite, Bruno Schmidt e Alison Cerutti disputam o ouro no vôlei de praia como favoritos, contra a dupla italiana Daniele Lupo e Paolo Nicolai, em Copacabana.

Saiba mais

Na fase preliminar, Bruno e Alison venceram os canadenses Schachter e Binstock por 2 a 0, mesmo placar que derrotaram os italianos Carambula Raurich e Ranghieri, mas perderam para os austríacos Doppler e Horst.

Nas oitavas, passaram pelos espanhóis Collado e Herrera e nas quartas eliminaram os favoritos americanos Lucena e Dalhausser por 2 a 1, mesmo placar da semifinal contra os holandeses.

A programação para os brasileiros no 13º dia de competições começa bem cedo. Às 7h30, o golfe feminino tem a segunda rodada, com Miriam Nagl e Victoria Lovelady na disputa. Logo depois, às 9h, Julia Vasconcelos dos Santos, no taekwondo, categoria até 57kg, disputa as oitavas contra finlandesa Suvi Mikkonen. Se vencer, avança na disputa, que será finalizada ainda hoje. Ainda nos tatames, mas na luta livre feminina, duas brasileiras têm desafios difíceis. Na categoria até 63kg feminino, Laís Nunes de Oliveira enfrenta a turca Hafize Sahin, às 10h16, na etapa classificatória e em caso de vitória avança às oitavas. Já na categoria até 75kg feminino, Aline Ferreira enfrenta a japonesa Rio Watari, às 11h04, pelas quartas de finais.

À tarde, a vela movimenta as águas da Baía de Guanabara. A primeira disputa é na classe 470 feminino, com a dupla Ana Barbachan e Fernanda Oliveira disputando a medal race, às 13h05. Elas estão em oitavo, com 68 pontos, 40 a mais que as líderes Mills e Clark – a vela premia quem tiver menos pontos perdidos. Mas a grande chance de medalha é de Martine Grael e Kahena Kunze, que fazem a medal race da classe 49er FX feminino. Elas estão empatadas na liderança, com 46 pontos perdidos, com as espanholas Tamara Echegoyen e Berta Betanzos e as dinamarquesas Katja Salskov-Iversen e Jena Mai Hansen.

Por fim, encerrando o dia, às 23h59, a dupla de vôlei de praia Bruno Schmidt e Alison Cerutti decide o título com os italianos Daniele Lupo e Paolo Nicolai.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade