Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Brasil passa fácil pela Venezuela no Mané Garrincha

Marquinhos, Neymar e Gabi marcaram os gols da primeira vitória da Seleção Brasileira na Copa América 2021

Por Willian Matos 13/06/2021 7h55
Nelson Almeida/ AFP

Brasil e Venezuela fizeram a abertura da criticada e polêmica Copa América 2021 neste domingo (13). O palco foi o Estádio Nacional Mané Garrincha, que recebeu inesperados pingos de chuva pouco antes do duelo. Baqueada pela covid-19 (a delegação teve 13 membros infectados), a seleção venezuelana não foi capaz de segurar Neymar e cia.

Bola rolando

Com Neymar fazendo função de armador em alguns momentos, o Brasil bombardeou a Venezuela, que tentava se fechar mantendo cinco atletas na primeira linha defensiva. Richarlison, Eder Militão (duas vezes) e Danilo quase balançaram as redes em bolas aéreas — a principal arma brasileira no início da partida.

Até que, aos 22 minutos, o Brasil abriu o placar. E o gol foi de zagueiro! Neymar cobrou escanteio, a bola desviou e sobrou para Marquinhos. O camisa 4 finalizou, mesmo marcado, e a bola atravessou lentamente a linha da meta defendida por Graterol. Brasil 1×0 Venezuela.

Três minutos depois, Richarlison marcou após cruzamento de Neymar. O “Pombo”, porém, estava em posição de impedimento, e a arbitragem anulou bem o gol.

Aos 29′, Neymar quase fez o dele. O camisa 10 entrou na área e bateu cruzado de perna direita, mas a bola passou à direita. Após esse lance, o jogo foi esfriando até o apito que encerrou a primeira etapa.

Tite roda elenco

Para o segundo tempo, o técnico Tite voltou a campo com Alex Sandro e Everton Ribeiro. O Brasil manteve a posse de bola, levando perigo vez ou outra. Aos 7′, após chute cruzado de Gabriel Jesus, Neymar se jogou na bola, mas, por centímetros não chegou nela.

Aos 16′, Danilo deu um drible da vaca no marcador e foi derrubado por Cumana próximo à linha de fundo. O árbitro uruguaio Esteban Ostojich marcou pênalti. Como de costume, Neymar tomou longa distância e foi para a bola devagar, até deslocar o goleiro venezuelano e ampliar o marcador. Brasil 2×0 Venezuela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Depois, Tite deu oportunidade a Gabi, ídolo do Flamengo. Aos 37′, Neymar foi fazendo fila pelo lado esquerdo, tabelou com o atacante e bateu para o gol. A bola balançou a rede, do lado de fora.

Depois, Vinícius Júnior e Fabinho ganharam oportunidade.

Aos 43′, o Brasil fechou a conta. Neymar recebeu de Alex Sandro, aproveitou vacilo da zaga, driblou o goleiro e olhou para o meio da área. Lá, estava Gabriel Barbosa, só esperando o cruzamento. Neymar lançou, e Gabi completou de peito, sem ninguém para atrapalhar. Brasil 3×0 Venezuela.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 3×0 VENEZUELA

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Copa América 2021 – 1ª fase, 1ª rodada
Estádio Nacional Mané Garrincha, Brasília-DF – 13/06/2021, 18h

Árbitro : Esteban Ostojich (URU)
Assistentes 1 e 2: Carlos Barreiro (URU) e Martin Soppi (URU)
Quarto árbitro: Gery Vargas (BOL)
VAR: Julio Bascuñan (CHI)
Assistente VAR: Christian Garay (CHI)

Brasil

Alisson; Danilo, Eder Militão, Marquinhos, Renan Lodi (Alex Sandro); Casemiro, Lucas Paquetá (Everton Ribeiro), Fred (Fabinho); Neymar, Gabriel Jesus (Vinícius Jr.) e Richarlison (Gabi)
Técnico: Tite

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Gols: Marquinhos (18′ 1T), Neymar (18′ 2T)
Cartões amarelos: Renan Lodi, Gabi
Cartões vermelhos: não houve

Venezuela

Graterol; La Mantia, Martínez, Mago; Alex González (Hernández), Moreno, Manzano (Richard Celis), Cásseres (Castillo), José Martínez, Cumaná; Aristeguieta (Córdova)
Técnico: José Peseiro

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Gols: não houve
Cartões amarelos: Manzano, Mago
Cartões vermelhos: não houve

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar