Siga o Jornal de Brasília

Torcida

Bottas dá o troco em Hamilton e Mercedes domina treinos livres para GP da França

Bottas, que é o vice-líder com 30 pontos a menos (162 a 132), cravou o tempo de 1min30s937 com pneus macios na pista seca de Paul Ricard

Publicado

em

O ordem dos pilotos foi diferente, mas o domínio da Mercedes nas primeiras atividades para o GP da França, a oitava etapa da temporada de 2019 da Fórmula 1, foi o mesmo. Depois de o inglês Lewis Hamilton liderar pela manhã a primeira sessão de treinos livres no circuito de Paul Ricard, à tarde foi a vez do finlandês Valtteri Bottas fazer o melhor tempo do segundo treinamento, e do dia também, deixando o líder do Mundial de Pilotos na segunda colocação.

Bottas, que é o vice-líder com 30 pontos a menos (162 a 132), cravou o tempo de 1min30s937 com pneus macios na pista seca de Paul Ricard. Foi o único piloto a baixar de 1min31s, já que Hamilton, com pneus médios veio logo atrás com a marca de 1min31s361 na melhor das suas 25 voltas dadas na segunda sessão de treinos livres.

O treino foi marcado por um erro de Hamilton nas curvas 4 e 5 na metade do treinamento, atrapalhando uma volta rápida do holandês Max Verstappen, da Red Bull, quando retornou. O piloto da Mercedes saiu de traseira, fritou pneus e escapou da pista. O carro escapou ileso, mas atrapalhou um pouco a simulação de corrida da equipe alemã.

O terceiro lugar foi novamente de Charles Leclerc, repetindo o que conseguiu pela manhã. O problema foi que o jovem piloto monegasco da Ferrari foi ainda mais lento que as Mercedes com o tempo de 1min31s586. Menos mal para a equipe italiana que o alemão Sebastian Vettel melhorou e ficou em quarto lugar, uma posição acima da primeira sessão, com 1min31s665.

A surpresa foi a presença do britânico Lando Norris na quinta colocação com uma McLaren que deixou os dois carros da Red Bull para trás. Com o tempo de 1min31s882, foi dois décimos de segundo melhor do que Verstappen, em sexto com 1min32s049.

O espanhol Carlos Sainz Jr. foi o sétimo com a outra McLaren, superando problemas mecânicos na primeira metade do treinamento. O francês Pierre Gasly, da Red Bull, foi o oitavo colocado, seguido pelo finlandês Kimi Raikkonen, da Alfa Romeo, e pelo dinamarquês Kevin Magnussen, da Haas, para fechar o Top 10.

Neste sábado, a terceira sessão de treinos livres será às 7 horas (de Brasília) e o treinamento oficial de classificação, para definir o grid de largada, terá início às 10 horas. A corrida no domingo está marcado para 10h10.

 

Estadão Conteúdo 


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade