fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Futebol

Autor de gol de empate, Robinho afirma que reserva foi por precaução

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Revelada a escalação do Atlético pouco antes do jogo contra o Grêmio, na tarde deste domingo, em Porto Alegre, a ausência de Robinho entre os titulares chamou a atenção. O jogador, porém, explicou que a situação já estava conversada com o técnico Marcelo Oliveira.

“Foi para poder entrar 100% e evitar o risco de lesão. Joguei no domingo passado, na quarta e não sou mais um menino de 18 anos. Acho que valeu o empenho de todo mundo, estão todos de parabéns. Não é fácil jogar aqui contra o Grêmio e saímos com um pontinho”, destacou o meia-atacante.

Enquanto Robinho ficou no banco de reservas, o Galo não foi bem em campo: aguardou o Grêmio em seu campo de defesa, com esquema mais fechado de três volantes e assim sofreu o primeiro gol. Bastou a entrada do camisa 7 para a história mudar e o Atlético conseguir o empate.

“O resultado disso é muito trabalho e o elenco é muito forte. Não começamos o jogo bem, claro que a gente queria ganhar, somar os três pontos, mas fico feliz por ter ajudado o time a sair com o empate”, acrescentou.

Ao balançar as redes do Grêmio, no fim do jogo, decretando o empate, Robinho chegou aos 21 gols na temporada e está entre os artilheiros da temporada 2016, só perde para Anselmo, do Fortaleza, que tem 22. Para Marcelo Oliveira, o alto nível apresentado pelo jogador é resultado do bom trabalho que o Atlético faz.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O ambiente de trabalho é fundamental, ambiente sadio, de prazer, ele está muito feliz no clube, está solto, em algum momento administro o posicionamento dele para não ter que ficar marcando sistematicamente, ele tem qualidade isso é inegável, felizmente está do nosso lado”, finalizou.

O Galo agora volta suas atenções para o Vitória, duelo que será disputado na quarta-feira (7) da outra semana, no Independência.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade