Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Torcida

Atlético-MG e Flamengo reclamam da arbitragem

Ambos os times endossaram um discurso de que foram prejudicados em suas partidas no último fim de semana com a má atuação do VAR

Thiago Henrique de Morais
[email protected]

Os dois maiores postulantes ao título do Campeonato Brasileiro, Atlético-MG e Flamengo, estão com discurso em comum quanto à arbitragem da competição. Ambos os times endossaram um discurso de que foram prejudicados em suas partidas no último fim de semana com a má atuação do árbitro de vídeo (VAR) na maioria dos casos. Até por isso, ambos os times pedem um posicionamento mais concreto por parte da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) quanto aos responsáveis.

O Atlético-MG reclama de um pênalti não marcado, ainda no começo da partida, quando a bola tocou na mão de um defensor do Atlético-GO. O time mineiro acabou derrotado na ocasião, por 2 a 1, e viu quebrada uma série de 18 jogos sem derrota na competição nacional. “Na 27ª rodada, lances equivalentes de bola no braço, dentro da área, tiveram decisões completamente díspares”, publicou o clube mineiro em suas redes sociais. O exemplo citado foi quanto aos duelos entre Chapecoense e Fortaleza; Palmeiras e Internacional e o próprio jogo envolvendo o Atlético-MG. O clube pediu que sejam adotados os mesmos critérios da arbitragem em lances idênticos.

O Flamengo, por sua vez, decidiu ir direto à CBF ao invés de usar os microfones, como fez nas últimas coletivas de imprensa pós-jogo. Segundo o site GloboEsporte.com, o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, encontrou com o diretor de competições, Manoel Flores, além de outros dirigentes da entidade, para reclamar formalmente dos erros de arbitragem. O clube rubro-negro reclama do gol anulado de Michael, aos 8 minutos do primeiro tempo, assim como de um pênalti não marcado sobre Vitinho, já na segunda etapa. O Flamengo ficou no empate sem gols contra o Cuiabá e diminuiu a vantagem do Atlético-MG para dez pontos.

Problemas

Enquanto reclama com a CBF, o Flamengo têm problemas para os próximos jogos do mês. O atacante Pedro, que sequer foi para a partida contra o Cuiabá, ainda é dúvida por conta de dores no joelho. Já David Luiz e Bruno Henrique fazem trabalhos de transição e devem retornar em breve.

A maior preocupação é de Arrascaeta, que teve problemas de lesão na partida pelo Uruguai, nas Eliminatórias. O clube cogita ‘acelerar’ a recuperação para que ele esteja em campo contra o Atlético-MG, no dia 30 deste mês.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar