fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Promoções

Nudez coletiva marca inauguração de galeria

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A imprensa britânica comentava nesta quarta-feira o acontecimento cultural da semana: a inauguração da galeria londrina do guru da publicidade, Charles Saatchi, que teve como ponto alto o “quadro vivo” composto por duzentas pessoas nuas que ficaram deitadas à beira do rio Tâmisa. Os organizadores convidaram para a ocasião o fotógrafo americano Spencer Tunick, especialista em registrar imagens de grupos de pessoas nuas em locais públicos. Deitadas no chão, entre a galeria e o Tâmisa, as duzentas pessoas entre 18 e 61 anos, formaram com seus corpos um leque. A inauguração não agradou a todos na imprensa, e muitos disseram que não se sentiram “emocionados” com o evento. “Isso é arte?”, perguntou o jornal conservador Evening Standard em sua edição desta quarta-feira, exibindo na primeira página a foto do “quadro vivo”.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Promoções

Nudez coletiva marca inauguração de galeria

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A imprensa britânica comentava nesta quarta-feira o acontecimento cultural da semana: a inauguração da galeria londrina do guru da publicidade, Charles Saatchi, que teve como ponto alto o “quadro vivo” composto por duzentas pessoas nuas que ficaram deitadas à beira do rio Tâmisa. Os organizadores convidaram para a ocasião o fotógrafo americano Spencer Tunick, especialista em registrar imagens de grupos de pessoas nuas em locais públicos. Deitadas no chão, entre a galeria e o Tâmisa, as duzentas pessoas entre 18 e 61 anos, formaram com seus corpos um leque. A inauguração não agradou a todos na imprensa, e muitos disseram que não se sentiram “emocionados” com o evento. “Isso é arte?”, perguntou o jornal conservador Evening Standard em sua edição desta quarta-feira, exibindo na primeira página a foto do “quadro vivo”.


Leia também
Publicidade