Siga o Jornal de Brasília

Promoções

Didi encarna Shakespeare

Publicado

em

Publicidade

Quando a gente acha que Renato Aragão já viveu todos os papéis atrapalhados possíveis no cinema, eis que o eterno Didi nos surpreende com mais um personagem. Dessa vez, o trapalhão encarna um anjo casamenteiro em Didi, O Cupido Trapalhão, inspirado no clássico Romeu e Julieta, de William Shakespeare, que estréia amanhã nos cinemas. Esse é o 42º filme de Renato Aragão.

“Já vi Romeu e Julieta em duas versões e sempre fiquei frustrado em ver aquele casal bonito morrer”, conta Renato. “Pensei em fazer um Romeu e uma Julieta diferentes, com um final feliz. Com um pouco de comédia e drama.”

Na telona, Romeu é vivido pelo sertanejo Daniel e o papel de Julieta coube à Jackeline Petkovic, do Bom Dia & Cia (SBT).

“Julieta é doce, acredita em príncipe encantado, quer ser livre e luta pelos seus objetivos”, explica Jackeline sobre o seu papel no longa. “Estou superfeliz de trabalhar com o Renato.”

Publicidade

No filme, Didi é um anjo atrapalhado que nem Deus agüentou no céu. Ele é enviado à Terra com a missão de tornar os casais apaixonados. Se conseguir um só, já pode voltar para o céu. Quando chega à Terra, Didi resolve unir justamente Romeu e Julieta. “O cupido é meio anjo, meio bagunceiro”, diverte-se o comediante. “Sua missão é unir um casal e ele junta cinco pares e passa a não querer voltar para o céu porque encontrou o amor.”

Didi, o Cupido Trapalhão tem a participação de Tadeu Mello, Mauro Mendonça, Rosamaria Murtinho, Oscar Magrini, Herson Capri, Helen Ganzarolli, entre outros. Os musicais ficam por conta de Falamansa, Kelly Key, Vavá e Daniel.


Você pode gostar
Publicidade

Promoções

Didi encarna Shakespeare

Publicado

em

Publicidade

Quando a gente acha que Renato Aragão já viveu todos os papéis atrapalhados possíveis no cinema, eis que o eterno Didi nos surpreende com mais um personagem. Dessa vez, o trapalhão encarna um anjo casamenteiro em Didi, O Cupido Trapalhão, inspirado no clássico Romeu e Julieta, de William Shakespeare, que estréia amanhã nos cinemas. Esse é o 42º filme de Renato Aragão.

“Já vi Romeu e Julieta em duas versões e sempre fiquei frustrado em ver aquele casal bonito morrer”, conta Renato. “Pensei em fazer um Romeu e uma Julieta diferentes, com um final feliz. Com um pouco de comédia e drama.”

Na telona, Romeu é vivido pelo sertanejo Daniel e o papel de Julieta coube à Jackeline Petkovic, do Bom Dia & Cia (SBT).

“Julieta é doce, acredita em príncipe encantado, quer ser livre e luta pelos seus objetivos”, explica Jackeline sobre o seu papel no longa. “Estou superfeliz de trabalhar com o Renato.”

Publicidade

No filme, Didi é um anjo atrapalhado que nem Deus agüentou no céu. Ele é enviado à Terra com a missão de tornar os casais apaixonados. Se conseguir um só, já pode voltar para o céu. Quando chega à Terra, Didi resolve unir justamente Romeu e Julieta. “O cupido é meio anjo, meio bagunceiro”, diverte-se o comediante. “Sua missão é unir um casal e ele junta cinco pares e passa a não querer voltar para o céu porque encontrou o amor.”

Didi, o Cupido Trapalhão tem a participação de Tadeu Mello, Mauro Mendonça, Rosamaria Murtinho, Oscar Magrini, Herson Capri, Helen Ganzarolli, entre outros. Os musicais ficam por conta de Falamansa, Kelly Key, Vavá e Daniel.


Você pode gostar
Publicidade