Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Reforma da Previdência: governo afirma discutir proposta alternativa

O porta-voz da Presidência da República afirmou que o governo pode discutir uma proposta alternativa para a Reforma da Previdência com o Congresso

Publicado

em

Publicidade

Da Redação
redacao@grupojbr.com

De acordo com o porta-voz da Presidência da República, Otavio do Rego Barros, o governo pode discutir uma proposta alternativa para a Reforma da Previdência com o Congresso. Entretanto, o governo já considera a proposta atual como a “melhor para o Brasil”.

Em parceria com um grupo de deputados, Rodrigo Maia , presidente da Câmara, decidiu, na última semana, que vai apresentar um novo projeto da reforma e que pretende abandonar o texto encaminhado pelo Executivo em janeiro.

Em entrevista após cerimônia na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), Barros afirmou que “a proposta que o presidente identifica como a melhor proposta é aquela que ele levou ao Congresso Nacional. Não obstante, se coloca à disposição para conversar”.

Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro recebeu Medalha do Mérito Industrial, concedida pela Firjan, e foi parabenizado por Eduardo Eugênio Gouvea Vieira, presidente da entidade. “Tudo aquilo com o que sonhávamos se tornou realidade há poucos dias. Seu governo nos brindou com a MP 881, a chamada MP da Liberdade Econômica. É música para os ouvidos dos empreendedores”, afirmou Vieira.

Durante discurso no evento, Bolsonaro afirmou que o Brasil pode ter dificuldades para pagar salários dos servidores da ativa entre 2023 e 2024 se a reforma não for aprovada. Além disso, disse que não pretende atrapalhar o ambiente de negócios. “O grande trabalho que podemos fazer, em um primeiro momento, é não atrapalharmos. O que já está de bom tamanho, tendo em vista o cipoal de regulamentações que vocês já têm que enfrentar.”


Você pode gostar
Publicidade