fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Política & Poder

Ninguém foi hackeado por falta de cautela, diz Moro no Twitter

Pelo Twitter, Sergio Moro afirmou que, para que os invasores tivessem acesso às mensagens, “não se exigia nenhuma ação da vítima”

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, deu mais explicações de como foi feita a ação dos hackers suspeitos de terem acessado conversas de integrantes do governo no aplicativo Telegram.

Pelo Twitter, Moro disse que “pelo apurado, ninguém foi hackeado por falta de cautela” e que para que os invasores tivessem acesso às mensagens “não se exigia nenhuma ação da vítima”. “Não havia sistema de proteção hábil. Há uma vulnerabilidade detectada e que será corrigida graças à investigação da Polícia Federal”, escreveu o ministro.

Segundo Moro, foi a partir da exploração desta vulnerabilidade, não detalhada pelo ministro, que os “hackers criminosos e pessoas inescrupulosas” acessaram os celulares dos governistas.

“As centenas de vítimas, autoridades ou não, que tiveram sua privacidade violada por meio de crime, serão identificadas e comunicadas pela Polícia Federal ou pelo MJSP”, tuitou Moro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade