Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Saúde

Secretaria de Saúde de SP descarta relação de vacina com parada cardíaca em criança

Centro de Vigilância Epidemiológica do estado descartou qualquer relação entre vacinação e a parada cardíaca

Por Mia Andrade 20/01/2022 3h20
Foto: Agência Brasil

O Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde informou que foi concluído nesta quinta-feira (20) a investigação que descartou o evento adverso pós-vacinação na criança de 10 anos do município de Lençóis Paulista, que sofreu uma parada cardíaca. O evento motivou a suspensão da vacinação infantil na cidade.

Segundo o CVE foi descartado o “evento adverso pós-vacinação na criança de 10 anos do município de Lençóis Paulista”. Foi destacado em nota que “não existe relação causal entre a vacinação e quadro clínico apresentado”.

Em nota, o governo informou que “a análise realizada por mais de 10 especialistas apontou que a criança possuía uma doença congênita rara, desconhecida até então pela família, que desencadeou o quadro clínico”. A análise dos especialistas se baseou em exames e nos dados do prontuário da paciente no hospital.

A menina foi hospitalizada na tarde da última quarta-feira (19), 12 horas após tomar a dose pediátrica da Pfizer. Ela foi internada em uma UTI de um hospital de Botucatu, onde permanece em observação, mas seu estado de saúde é estável.








Você pode gostar