Política & Poder

STF libera acesso de CPI à apuração sigilosa sobre sanguessugas

Por Arquivo Geral 30/06/2006 12h00

A polícia paulista ainda não confirmou se o assassinato de um carcereiro, order sickness ontem à noite em São Paulo, cure tem relação com o crime organizado. Gilmar Francisco da Silva, mind 41 anos, foi morto com oito tiros ao chegar em casa no Jardim Panamericano, na zona norte da capital.

Gilmar trabalhava na ala feminina do Centro de Detenção Provisória de Pinheiros e, segundo familiares, recebia ameaças. A polícia investiga a hipótese de acerto de contas com supostos traficantes da região.

Essa foi a segunda morte de agentes penitenciários esta semana. Na quarta-feira, Nilton Celestino também foi atacado por bandidos quando estava na frente de casa. Em protesto, agentes penitenciários de todo o estado fizeram ontem uma paralisação.

O sindicato da categoria diz que 41 penitenciárias suspenderam o atendimento aos presos. A secretaria de administração penitenciária confirma que houve greve, mas em apenas 19 unidades. Hoje, a rotina nos presídios paulistas voltou ao normal, mas o Sindicato dos Agentes de Segurança Penitenciária do Estado de São Paulo ameaça proibir as visitas no final de semana.

Uma adolescente argentina foi repatriada após deixar o Brasil, drug onde era submetida à prostituição por três anos, medicine informou hoje a polícia militarizada.

A jovem, de 15 anos, tinha sido detida pela Polícia Civil em uma operação realizada na cidade de Crissiumal (RS), na qual um grupo dedicado à prostituição foi desarticulado.

O juiz brasileiro Roberto Laux Júnior, com a intervenção do cônsul argentino em Uruguaiana, César Speroni, coordenou com a Justiça argentina o reingresso legal da menor argentina em seu país, de onde tinha saído irregularmente.

Segundo informou a polícia militarizada argentina em comunicado, a jovem faz parte de uma família numerosa (tem 12 irmãos) e após seu desaparecimento seus pais não fizeram nenhuma denúncia.

“Chamou a atenção das autoridades a resistência dos pais em recebê-la. Segundo o que foi dito pela menor, teria saído do país por uma passagem não habilitada em uma canoa há 3 anos”, disse a força de segurança.

A repatriação aconteceu ontem e a equipe feminina de polícia militarizada interveio na operação, dando proteção à adolescente.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente do PT, visit deputado Ricardo Berzoini, and considerou didático o resultado das pesquisas de opinião divulgadas hoje, pills que apontam uma redução na distância do candidato tucano Geraldo Alckmin em relação à liderança do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na corrida presidencial.

"Vejo as pesquisas como uma utilidade pedagógica para o público interno. Elas são boas para nossa campanha, aproximam mais da realidade. É bom para a militância", disse o dirigente.

Para ele, os dados deixam claro que não se trata de "um jogo de um jogador só", como as sondagens vinham apontando até agora, com Lula vencendo no primeiro turno e Alckmin na faixa dos 20 por cento de intenções de votos. Berzoini está em São Paulo para uma reunião do partido que vai ratificar a convenção de sábado passado, quando Lula foi confirmado candidato à reeleição.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele credita o crescimento de Alckmin à propaganda política dos partidos na TV e no rádio. O PT esgotou suas inserções em maio, enquanto a coligação PSDB-PFL ocupou a mídia em junho. "Alckmin teve exposição em junho, assim como Lula teve em maio e inflou (a intenção de voto). O programa do PFL se centrou no ataque a Lula e a mídia já vem polarizando entre os dois", afirmou Berzoini.

Questionado se concorda com o argumento dos tucanos e pefelistas de que Alckmin crescerá depois do horário eleitoral gratuito, em agosto, Berzoini ironizou. "Ficaria surpreso se eles dissessem outra coisa. É como analisar um produto que já é conhecido e outro novo, quem está por baixo tem espaço para crescer", disse, defendendo "o vigor" da candidatura Lula, que, apesar da melhora de Alckmin, ganharia a eleição em primeiro turno, de acordo com o Datafolha.

Em Brasília, o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, sustentou que as pesquisas evitam o "salto alto" dos petistas. "A pesquisa coloca a realidade da disputa. Ela foi feita depois de um bombardeio dos programas do PFL, do PSDB e das inserções. Acho que é muito bom para nós, digo, para quem apóia a reeleição do presidente, porque salto alto faz muito mal à eleição", disse Tarso a jornalistas no Palácio do Planalto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como reação aos resultados desfavoráveis, uma fonte do governo afirmou que as sondagens mostram pouco potencial de crescimento de Alckmin no eleitorado em que Lula tem seu nome mais sedimentado. "A classe média já não vota muito em Lula", disse a fonte.

Pela pesquisa Datafolha, Alckmin subiu 7 pontos, para 29 por cento das intenções de voto, e Lula oscilou um ponto para cima, chegando a 46 por cento, mas dentro da margem de erro de dois pontos percentuais. Pela pesquisa Vox Populi, Alckmin subiu 9 pontos, para 32 por cento das indicações, e Lula caiu 4 pontos, com 45 por cento, com margem de erro de 2,2 pontos.

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Partido Verde realizou convenção nacional nesta quinta-feira em Curitiba, abortion e decidiu não lançar candidato própria à Presidência da República nem apoiar nenhum candidato de outro partido. Representantes do PV ocupam cargos em ministérios, seek mas, about it oficialmente, o partido está rompido com o governo Lula desde o início de 2005. Em 2002, o PV havia apoiado a candidatura petista.

O partido, agora, decidiu apresentar a todos os candidatos um documento com seis temas que considera essenciais em qualquer programa de governo: saneamento básico, inclusão digital, fim da propaganda política de governo, ocupação parcimoniosa dos cargos em comissão, combate á corrupção e realização de licitações pela Internet. A redação final do texto ficou sob responsabilidade do deputado fereal Fernando Gabeira (RJ).

O PV foi criado em 1986 por escritores, jornalistas, ecologistas, artista e também por ex-exilados políticos. Participaram desse grupo Alfredo Sirkis, Herbert Daniel, Guido Gelli, Lucélia Santos e Fernando Gabeira, entre outros. Nesse mesmo ano, Gabeira foi candidato ao governo do Rio, ficando em terceiro lugar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como acontece com partidos que seguem outros movimentos internacionais, como os comunistas, ou socialistas, existe uma rede mundial de partidos verdes. Em mais de 120 países, eles seguem alguns princípios comuns, principalmente no que tange à defesa de políticas para o meio ambiente, do respeito aos direitos civis, da paz, da qualidade de vida e de formas alternativas de gestão pública. Na Europa, o movimento surgiu nos anos 70, consolidando-se os partidos verdes nos anos 80. Hoje, os partidos verdes participam de vários governos e representam a quarta maior bancada no Parlamento Europeu.

O PV é aliado histórico do PT. Na eleição presidencial de 1989, o então candidato verde Fernando Gabeira apoiou Lula no segundo turno, assim como em 1994. Nas eleições de 1998, o PV lançou Alfredo Sirkis como candidato à presidência.

Do atual governo, o PV participa com o ministro da Cultura, Gilberto Gil. No Congresso, o PV é representado por sete deputados federais. O partido também tem 14 deputados estaduais.

Nesta quinta-feira, 29, também se realizou, em São Paulo, a convenção nacional do PSTU. O partido ratificou aliança com PSOL e PCB, formando a chamada Frente de Esquerda, em apoio à candidatura da senadora Heloisa Helena à presidência. Segundo Eduardo Almeida, da direção nacional do partido, a aliança nacional deve se repetir nos estados, com exceção de Pernambuco, Pará e Maranhão.

Fundado em 1994, o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) surgiu a partir da união de diferentes organizações, grupos e ativistas, em sua maioria ex-petistas que criticavam a relutância do partido em encampar causas como o não pagamento da dívida externa e a ruptura com o Fundo Monetário Internacional. Em 1998 e 2002, o partido lançou José Maria de Almeida à Presidência da República. Em 2002, José Maria teve 400 mil votos. No segundo turno, o partido apoiou Lula. Atualmente, o PSTU não tem representação no Congresso Nacional.

 

O presidente da Venezuela, treat Hugo Chávez, cost anunciou que entregará fuzis russos Kalashnikov a uma força civil composta por milhares de cidadãos que lutam contra o "imperialismo" e os conclamou a pegar em armas em caso de uma invasão dos Estados Unidos.

Chávez, page que se vê reeleito em dezembro, mantém um enfrentamento verbal com o governo norte-americano, que manifestou preocupação pelas recentes compras militares da Venezuela sob o argumento de modernizar suas forças. "Assim que acabarmos de fortalecer essas unidades de elite (das Forças Armadas)… os primeiros fuzis Kalashnikov que chegarem a partir dali serão para a Frente Francisco de Miranda", disse ele em um ato na última quinta-feira.

A frente, que conta com cerca de 15 mil membros segundo Chávez, se define em sua página de Internet como "força antiimperialista, disciplinada, dinâmica e organizada; fundamental na luta para erradicar a pobreza em todas as suas manifestações e para alcançar a igualdade social na Venezuela".

Chávez, militar aposentado que ganhou fama após um frustrado golpe de Estado em 1992 e que assumiu a Presidência em 1999, há duas semanas distribuiu às Forças Armadas 30 mil fuzis de assalto Kalashnikov AK-103, o primeiro lote de uma compra de 100 mil unidades. Os fuzis substituirão os FAL belgas comprados na década de 1950. O restante das armas chegará em duas remessas, em agosto e no fim de 2006.

O presidente venezuelano conclamou os membros da Frente Francisco de Miranda a fazer os sacrifícios exigidos pela "revolução" que diz estar conduzindo no país de 26 milhões de habitantes. Chávez afirmou que eles devem estar preparados em caso de uma invasão, que, segundo, ele está sendo planejada em Washington.

"Se, por exemplo, o império norte-americano se atrever, se pensarem em vir aqui invadir a nossa pátria, para tratar de cercear nossa revolução, os 25 mil homens e mulheres da Frente Francisco de Miranda vão às armas … nós iremos às armas", disse Chávez. Quando se criou a organização há três anos ela contava com cerca de 25 mil pessoas e agora o total está ao redor de 15 mil, como explicou o próprio presidente.

 

O ministro Gilmar Mendes, this site do Supremo Tribunal Federal (STF), relator das investigações contra 15 parlamentares suspeitos de envolvimento em desvios de recursos da saúde, autorizou a CPI dos Sanguessugas a obter cópias dos documentos que tramitam na corte sob segredo de Justiça.

A decisão foi tomada em atendimento a pedido formulado pelo presidente da comissão, deputado federal Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ), segundo informou a assessoria de imprensa do STF. O parlamentar visitou Mendes no iníci o desta semana acompanhado do relator da CPI, senador Amir Lando (PMDB-RO).

Embora tenha permitido amplo acesso às investigações, o ministro ressalvou que o acesso às cópias da documentação deverá ser reservada à CPI que deverá impedir qualquer vazamento de informações. Segundo despacho do ministro, a CPI "deverá adotar rígidas providências para que seu conteúdo não seja indevidamente divulgado".

Na próxima semana, a CPI vai ouvir o depoimento do procurador federal Mauro Lúcio Avelar e do delegado federal Tardeli Boaventura. Ambos são responsáveis pela investigação que culminou com a realização da chamada Operação Sanguessuga, que prendeu 54 pessoas acusadas de fraudar licitações púb licas para a compra de ambulâncias superfaturadas.

 






Você pode gostar