Política & Poder

‘Quero paz para governar’, diz Bolsonaro

O presidente disse estar chateado com as distorções criadas pela imprensa sobre suas críticas a governadores e medidas de restrição

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, nesta quinta-feira (8), o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) disse que “queria paz para governar”.

O presidente disse estar chateado com as distorções criadas pela imprensa sobre suas críticas a governadores e medidas de restrição. “Eu não vou gravar porque tudo que eu falo dá repercussão distorcida”, afirmou Bolsonaro.

Vacinação

Durante um jantar com empresários, na noite de ontem (7), Bolsonaro se comprometeu com a imunização da população, para que ela ocorra da forma mais rápida possível. O presidente disse que o Brasil possui duas fábricas de vacina, uma da Fiocruz, no Rio de Janeiro, e outra do Instituto Butantan, em São Paulo e afirmou que o processo será acelerado.

Também na quarta-feira (7), Bolsonaro divulgou os dados do vacinômetro do governo federal. Mais de 43 milhões de doses foram distribuídas e mais de 22 milhões aplicadas em todo o Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar