Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Pressionada a crescer, Simone Tebet reforça agendas em Minas e SP

Dizem ainda que com a unificação da terceira via, a tendência é que cresça o sentimento de esperança em torno de Simone

Por FolhaPress 23/05/2022 6h29
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Juliana Braga
Brasília, DF

Agora sem o ex-governador João Doria (PSDB-SP) no caminho, os olhos e pressões pelo crescimento da terceira via devem recair sobre a senadora Simone Tebet (MDB-MS), dizem aliados.

Tanto no MDB quantos nos partidos aliados, a tônica é de que a bola está com a pré-candidata a partir de agora, que terá de demonstrar ter musculatura e começar a crescer o quanto antes nas pesquisas.

Os principais articuladores da pré-campanha de Tebet querem intensificar as viagens para dar retorno rápido e, por isso, o foco ficará nos maiores colégios eleitorais.

A previsão é de que a pré-candidatura de Simone seja lançada em São Paulo, para dar mais visibilidade a ela no maior colégio eleitoral do país. Não há data marcada, mas o evento deve acontecer em junho. Também será dada prioridade a Minas Gerais nas agendas da senadora.

Em entrevista nesta segunda-feira (23) em Cuiabá, a senadora evitou avaliar se, com Doria fora da disputa, receberá os votos que seriam do tucano.

“Isso o tempo dirá, mas eu estou extremamente confiante. Aqui, de novo, o governador João Doria vai ser imprescindível para esse processo, vamos estar conversando no seu devido tempo”, afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Simone fez ainda afagos ao ex-governador. “Ele vai ser sempre lembrado como aquele que antecipou a vacina no braço do brasileiro.” E lembrou que, por enquanto, nada foi oficializado ainda.

Aliados da senadora minimizam a dificuldade de crescimento. Afirmam que ela será candidata independente do tamanho nas pesquisas porque ajuda o MDB a não precisar se posicionar nem a favor do presidente Jair Bolsonaro (PL), nem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Dizem ainda que com a unificação da terceira via, a tendência é que cresça o sentimento de esperança em torno de Simone, e isso impulsione o seu crescimento.

Além disso, há a avaliação de que o noticiário sobre a terceira via foi muito consumido pelas disputas internas do PSDB e, naturalmente, ela deve ir se tornando mais conhecida. A pesquisa encomendada pelos partidos de centro mostra que 60% do eleitorado ainda não conhece Simone Tebet.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar