Política & Poder

Presidente interino corta gastos do Senado e restringe acesso a cafezinho

Por Arquivo Geral 31/10/2007 12h00

O presidente interino do Senado, treatment Tião Viana (PT-AC), order está disposto a aumentar a transparência e a cortar gastos na Casa. Depois de dizer que é favorável à divulgação dos gastos dos senadores na página do Senado na internet – medida polêmica que não encontra unanimidade entre os membros da Mesa -, determinou que fosse cancelado o pagamento de passagens aéreas para convidados de audiências públicas.

A medida também vale para servidores que viajam em missão para outros estados e para o exterior. “Esse caminho de simplicidade, convencimento e decisão é a melhor equação para a Casa neste momento”, disse o presidente interino, ao chegar hoje (31) cedo ao Senado.

Ontem (30), Tião Viana restringiu o acesso ao cafezinho do Senado, espaço perto do plenário da Casa onde senadores despacham com assessores e conversam com jornalistas. Com a decisão, podem permanecer no local apenas pessoas credenciadas no Senado, como assessores e jornalistas.

No caso dos assessores, a determinação é que eles permaneçam no cafezinho apenas durante o tempo necessário para entregar documentos ou fazer comunicados a senadores.

Segundo ele, a decisão foi tomada por causa de reclamações de outros senadores quanto ao barulho no local e a presença intensa de lobistas. “Todos os senadores poderão ir sugerindo e vamos acolhendo as sugestões dos senadores esse movimento em favor da instituição”, disse.






Você pode gostar