Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Presidente da Rede Mundial de Justiça Eleitoral vem monitorar eleições brasileiras

Por meio de um comunicado enviado pelo secretário técnico da Rede, Alberto Guevara, Bagia afirmou apoiar a iniciativa

Por FolhaPress 26/05/2022 7h03
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Fábio Zanini
São Paulo, SP

O presidente da Rede Mundial de Justiça Eleitoral, o indonésio Rahmat Bagja, confirmou participação como observador internacional das eleições brasileiras em outubro.

Por meio de um comunicado enviado pelo secretário técnico da Rede, Alberto Guevara, Bagia afirmou apoiar a iniciativa e estar ansioso em colaborar com a missão.

O convite a Bagja faz parte do esforço do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, de encontrar suporte em outras instituições para legitimar o processo de votação do Brasil.

Outras instituições já confirmaram a participação como observadores internacionais, entre elas, a Organização dos Estados Americanos (OEA), a Comunidade de Países da Língua Portuguesa, o Parlasul e o Carter Center.

O TSE e e a segurança das urnas têm sido atacadas pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) e seus apoiadores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar