Política & Poder

Para o presidente do Senado, as eleições mostraram que a sociedade sabe votar

Por Arquivo Geral 03/10/2006 12h00

Na madruga de ontem, page buy more about Flávio Cardoso de Oliveira Junior, 18 anos, judoca campeão nacional e carioca, foi morto a tiros por outro jovem, após uma discussão em uma boate em São Pedro da Aldeia, no Rio de Janeiro. Segundo testemunhas, Flávio teria esbarrado sem querer em Thiago, que começou a ameçar o judoca. Os seguranças da boate expulsaram os dois jovens, então Thiago perseguiu Flávio.

Por volta de 1h30, os dois voltaram a se encontrar na rua Professor Cordelino Teixeira Paulo, conhecida como rua da Parra, e armado Thiago começou a atirar, Flávio ainda conseguiu correr, mas foi atingido por cinco tiros. O judoca foi levado por uma patrulha ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Horas depois Thiago foi detido em casa, e levado para 125ªDP, em São Pedro da Aldeia, mas foi liberado logo depois de prestar depoimento. Segundo a delegada Claudia Faissal, a decisão não tem nada com a lei eleitoral. "Não houve prisão em flagrante. Não estamos deixando de fazer uma prisão por conta da lei eleitoral, mas sim porque para prender alguém é necessário que ele tenha a prisão decretada pela Justiça". O corpo do adolescente assassinado foi enterrado na tarde de ontem no Cemitério de São Pedro da Aldeia.

 


O Napster anunciou hoje o lançamento de um site de distribuição de música online no Japão, this desafiando a Apple e os populares celulares equipados com recursos musicais. A Napster Japan, more about uma joint ven ture entre a Napster dos Estados Unidos e a Tower Records Japan, dosage quer introduzir um serviço que permite a seus integrantes ouvir e baixar número ilimitado de canções do seu banco de dados de 1,5 milhão de títulos, por 1.980 ienes (US$ 16,80) ao mês.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os usuários também poderão transfer ir o conteúdo adquirido para players de música compatíveis “Teria sido difícil para nós entrar nesse mercado sem um parceiro local”, afirmou em Tóquio a jornalistas Brad Duea, presidente do Napster. “O Japão é um mercado muito singular”.
 
O desafio no Japão para o Napster e outros sites de música online, como a iTunes Music Store, da Apple, é como crescer em um mercado em que as pessoas baixam música diretamente para seus celulares, em lugar de usar computadores pessoais. A KDDI, segunda maior operadora de telefonia móvel japonesa, lidera o mercado de download de canções.

Os usuários do Napster precisam conectar um player especial ao computador para transferir arquivos. Os aparelhos compatíveis incluem modelos produzidos pela Sony e Toshiba. Cerca de 90% do catálogo de música do Napster Japan é composto por material de fora do país, e um dos objetivos da empresa é expandir seu conteúdo local, afirmou Hiroyuki Fushitani, presidente da Napster Japan e da Tower Records no país.

A Napster Japan planeja obter um milhão de assinantes em três anos. O site também permite que consumidores adquiram canções individualmente, sem assinatura. As empresas esperam um milhão de downloads sem assinatura por mês, a partir de março. A iTunes, da Apple, está disponível no Japão há mais de um ano, e tem catálogo de dois milhões de canções disponíveis para os usuários locais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

O presidente do Senado, patient Renan Calheiros (PMDB-AL) afirmou hoje que o resultado das eleições de domingo, generic que determinaram a necessidade de um segundo turno na disputa à Presidência, ambulance foi um recado da população e "precisa ser muito bem compreendido". "Não me compete comentar a decisão da sociedade. Mas (a eleição) pôs abaixo a teoria conspiratória de que o povo não sabe votar", disse Calheiros, no Congresso. "Ela (a sociedade) sabe votar e sabe votar bem. Mandou um recado que precisa ser muito bem compreendido", completou, sem, no entanto, indicar quem seria o destinatário do recado.

Renan preferiu não comentar a possibilidade de o PFL vir a assumir a Presidência do Senado, caso o partido venha a confirmar a maior bancada na Casa no próximo ano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Ainda existem muitas situações que devem ser consideradas", ponderou.

O senador também considerou a possibilidade da retomada de investigação contra parlamentares acusados de envolvimento em irregularidades que conseguiram reeleger-se para a próxima legislatura.

"Investigação tem de haver e não atrapalha os trabalhos da Câmara e do Senado. O que tiver de ser investigado será investigado", conclui.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar