Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Para investigar irregularidades, Pacheco quer abrir duas CPIs do MEC

O presidente do Senado vai pedir a investigação de irregularidades que acontecem no Ministério da Educação (MEC)

Por Camila Bairros 05/07/2022 11h39
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Na manhã desta terça-feira (5), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), decidiu criar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Ministério da Educação (MEC) para investigar a suspeita de irregularidade no repasse de verbas da pasta.

Por meio do Twitter, Pacheco resumiu a reunião entre os líderes de governo ocorrida nesta manhã.

Reprodução/Twitter

Além disso, ele também deve pedir aos governistas a reabertura do inquérito contra o crime organizado e contra as obras inacabadas em creches, escolas e universidades durante o governo petista.

A leitura para abrir comissão só pode ser feita em sessão do Senado, e os governistas tentam adiar instalação do colegiado para depois das eleições. Somente a partir da leitura dos ofícios que serão indicados os membros das comissões, para então definir a data de instalação do processo investigatório no Senado.

O presidente da Casa não informou se abrirá uma sessão extra só para fazer a leitura do ofício, ou se deixará para fazer isso na quarta-feira, quando há uma sessão marcada no Senado.








Você pode gostar