Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Notícias

Na bolsonarista SC, esquerda se une e direita se fragmenta na eleição

Um dos estados mais bolsonaristas do Brasil, Santa Catarina verá a esquerda unida e a direita fragmentada na eleição deste ano

Por FolhaPress 01/07/2022 5h08

Fábio Zanini
São Paulo, SP

Um dos estados mais bolsonaristas do Brasil, Santa Catarina verá a esquerda unida e a direita fragmentada na eleição deste ano.

Presidentes dos partidos que compõem a Frente Democrática reuniram-se nesta sexta-feira (1) em Florianópolis e definiram a próxima quarta-feira (6) como data-limite para anunciar os nomes da chapa majoritária.

Estiveram presentes os presidentes locais de PT, PDT, PSOL, PC do B, Solidariedade e Rede. O PSB participou remotamente, enquanto o PV enviou representante.

A aliança significa que Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Ciro Gomes (PDT) dividirão o mesmo palanque no estado, onde Bolsonaro obteve 75,92% dos votos no segundo turno da eleição de 2018.

O favorito para encabeçar a chapa da esquerda é o petista Décio Lima.

Ao mesmo tempo, a direita poderá ter cinco candidatos, com o atual governador, Carlos Moisés (Republicanos), além de Gean Loureiro (União Brasil), Jorginho Mello (PL), Esperidião Amin (PP) e Odair Tramontin (Novo).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar