Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Mulher xinga Bolsonaro e é detida

Caso ocorreu no sábado (27), em Resende-RJ, onde o presidente participava de evento militar

Foto: Agência Brasil

Uma mulher de 40 anos foi detida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após xingar o presidente Jair Bolsonaro. O caso ocorreu no sábado (27), em Resende-RJ, onde o presidente participava de evento militar.

A mulher passou de carro pela comitiva de Bolsonaro na Via Dutra, quando xingou o presidente. Uma viatura da PRF a perseguiu e conseguiu pará-la. Ela foi levada para uma delegacia em Volta Redonda e, como se tratou de crime de menor potencial ofensivo, assinou um termo circunstanciado e foi liberada.

Bolsonaro estava no Rio para a cerimônia de formação de cadetes da Academia Militar das Águas Negras (Aman) e disse que os militares defendem a Constituição, a democracia e a liberdade, em discurso durante solenidade na instituição.

“Em momentos difíceis à frente da Presidência, vejo o que passei aqui (na Academia Militar das Agulhas Negras) e me conforto dizendo que aqui foi mais difícil. Quem passa por aqui sabe o que são essas dificuldades”, afirmou Bolsonaro, citando ensinamentos de lealdade, humildade e disciplina na cerimônia de entrega de Espadas aos Novos Aspirantes.

Bolsonaro estava acompanhado na cerimônia do vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência, general Augusto Heleno, do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, e do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto. Com agências








Você pode gostar