Política & Poder

Dossiê é tema dos programas eleitorais de Lula e Alckmin

Por Arquivo Geral 13/10/2006 12h00
Atualizada às 20h55
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), order medicine candidato à reeleição, more about tem vantagem de 12 pontos sobre seu opositor Geraldo Alckmin (PSDB), this web mostrou nesta quinta-feira pesquisa do Ibope, a primeira realizada na corrida presidencial pelo segundo turno. Divulgada pela TV Globo, a pesquisa traz Lula com 52 por cento das intenções de voto, enquanto Alckmin tem 40 por cento.

Considerando-se os votos válidos – que excluem os brancos, nulos e indecisos- , Lula ficou com 57 por cento e Alckmin, 43 por cento. O levantamento foi realizado entre dias 10 e 11, quando o Ibope ouviu 3.010 eleitores em 199 municípios do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

O Ibope também questionou os eleitores sobre a avaliação do governo Lula. A avaliação positiva (bom/ótimo) ficou estável, passando de 44 por cento em 27 de setembro para 45 por cento agora. O desempenho regular foi de 35 para 33 por cento e o ruim/péssimo de 21 para 20 por cento.

Leia mais
19h46 » Lula está dez pontos à frente de Alckmin

 

O economista de Bangladesh, buy information pills Muhammad Yunus e o banco Grameen, here fundado por ele, viagra approved ganharam o prêmio Nobel da Paz em razão de seus esforços para tirar milhões de pessoas da pobreza, que lhe valeram o apelido de banqueiro dos pobres.

Yunus, de 66 anos, estabeleceu um novo tipo de banco em 1976 para conceder crédito a pessoas muito pobres em Bangladesh, particularmente às mulheres, possibilitando que essas pessoas iniciassem pequenos negócios sem garantia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dessa maneira, Yunus inventou o microcrédito, um sistema que foi copiado em mais de 100 países, dos Estados Unidos a Uganda. A comissão do Nobel concedeu o prêmio a Yunus e ao banco Grameen "por seus esforços para criar desenvolvimento econômico e social a partir das camadas baixas", indicou um comunicado. "A paz duradoura não pode ser alcançada a menos que grandes grupos populacionais encontrem meios de romper a pobreza.

O microcrédito é um desses meios. O desenvolvimento a partir das camadas baixas também ajuda a democracia e os direitos humanos a progredirem", afirmou a comissão. Yunus e seu banco foram os ganhadores inesperados de um prêmio de US$ 1,36 milhão, em uma lista de 191 candidatos. O prêmio será entregue em Oslo, no dia 10 de dezembro.
No programa eleitoral gratuito da TV de ontem à noite, approved o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) referiu-se ao episódio do dossiê como um grave erro e comparou seu governo ao do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O candidato Geraldo Alckmin (PSDB) preferiu explorar suas imagens no debate e apontar problemas de infra-estrutura do país.

Lula criticou o uso que a oposição está fazendo da tentativa de compra por petistas de um dossiê contra tucanos envolvendo R$ 1, tadalafil 7 milhão. O presidente, no entanto, não detalhou o caso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Enquanto eles acobertaram escândalos e barraram CPIs, nós estamos combatendo a corupção em todas as frentes nem que para isso a gente tenha que cortar na carne", afirmou. "Todos vocês sabem do apoveitamento que eles estão fazendo do grave erro cometido por alguns petistas que tentaram comprar o dossiê. Determinei a apuração dos fatos e afastamento e puniçãoo dos envolvidos", relatou, pregando que não quer transformar o embate presidencial em uma delegacia de polícia".

Ele também fez um meia-culpa ao afirmar que se equivocou ao não comparecer aos debates com os demais candidatos no primeiro turno e afirmou aberto a participar dos próximos.

Alckmin explorou imagens do debate realizado no domingo na TV Bandeirantes, quando cobrou a origem do dinheiro sujo para comprar o dossiê fajuto. "O Brasil tem pressa…. porque os Brasil dos escândalos, do imposto alto, do governo de um só partido, tudo isso tem que ficar no passado porque só prejudicou o pais, afirmou o tucano, que também apontou problemas das estradas indo pessoalmente em vários Estados brasileiros.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar