Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Política & Poder

Doria oficializa candidatura às prévias do PSDB

As prévias do PSDB têm por objetivo definir que membro do partido irá ser o candidato à Presidência da legenda em 2022

Foto: Nelson Almeida/AFP

Willian Matos e Catarina Lima
[email protected]

O governador João Doria oficializou, por meio de carta publicada nesta segunda-feira (20), a inscrição para as prévias presidenciais do PSDB para as eleições de 2022. As prévias do partido definem quem a legenda lançará como candidato à Presidência da República no ano que vem.

“É com orgulho, humildade e senso de dever público que registro minha candidatura nas prévias do PSDB à disputa presidencial de 2022. Sou filho da democracia”, iniciou Doria. “Sou filho das prévias”, disse, ressaltando que se sagrou prefeito e governador de São Paulo por meio do sistema prévio.

Na carta, Doria cita ainda que o PSDB “foi o partido que colocou o país na rota do desenvolvimento”, reverenciando o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e seus programas de governo. O governador de São Paulo também fez críticas ao PT. “Infelizmente, os anos que se seguiram com os governos de Lula e Dilma representaram a captura do Estado pelo maior esquema de corrupção do qual se tem notícia na história do País”.

Doria alega que tem como projeto para o Brasil a “pacificação nacional em pilares sólidos”, sendo estes pilares “proteção aos mais vulneráveis, geração de empregos e distribuição de renda; educação em tempo integral e ensino técnico de qualidade; crescimento sustentável com equilíbrio das contas públicas; reformas que favoreçam o ambiente de negócios e a atração de investimentos; preservação do meio ambiente e integração com o agronegócio. E compromisso inarredável com a democracia e liberdade de expressão”.

O principal concorrente de Doria nas prévias do PSDB é o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. O senador Tasso Jereissati (CE) e o ex-senador Arthur Virgílio (AM) também devem estar no páreo. A eleição está marcada para o dia 21 de novembro. Os votantes e o peso dos votos de cada grupo serão divididos da seguinte forma:

  • Filiados sem mandato: peso 25%;
  • Prefeitos e vice-prefeitos: peso 25%;
  • Vereadores, deputados estaduais e distritais: peso 25%;
  • Governadores, vice-governadores, ex-presidentes, presidente da executiva nacional, deputados federais, senadores: peso 25%.

Leia na íntegra a carta de Doria:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Carta de inscrição de Doria by Jornal de Brasília on Scribd








Você pode gostar