Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Zelenski discursa no Festival de Cannes, pede glória à Ucrânia e é ovacionado

Citando “O Grande Ditador”, de Charlie Chaplin, disse que o cinema fala sobre a liberdade e que por isso deve ser valorizado

Por FolhaPress 17/05/2022 3h48

Guilherme Genestreti

A abertura do Festival de Cannes foi marcada por uma surpresa. Direto de Kiev, Volodimir Zelenski mandou recado lembrando da origem antifascista do evento francês, que surgiu como reposta cultural ao nazifascismo às vésperas da guerra.

O presidente da Ucrânia falou ao vivo por vídeo e, citando “O Grande Ditador”, de Charlie Chaplin, disse que o cinema fala sobre a liberdade e que por isso deve ser valorizado. “Não se desesperem”, disse. “Glória à Ucrânia”.

Foi ovacionado por uma plateia estrelada que tinha nas fileiras celebridades como a atriz Julianne Moore, o diretor italiano Marco Bellocchio, o ator Édgar Ramirez, entre outros.








Você pode gostar