Mundo

Presidente do Equador conclui reforma ministerial

Por Arquivo Geral 11/07/2006 12h00

O presidente do Equador, more about medical Alfredo Palacio, encerrou hoje uma reestruturação de seu gabinete que incluiu a demissão de cinco ministros e com a qual tenta impulsionar sua gestão com a promessa de milionários programas sociais, a seis meses de entregar o poder.

Palacio, um médico independente, trocou nos últimos cinco dias os ministros de Obras Públicas, Economia, Interior, Comércio Exterior e o secretário-geral da Administração, que haviam se transformado em uma dor de cabeça por estar envolvidos em escândalos e críticas a seu desempenho.

As mudanças, que atingiram um terço da equipe ministerial, buscam acelerar o trabalho em áreas chave, como o andamento de programas sociais financiados com fundos extraordinários advindos de polêmicas medidas contra petrolíferas estrangeiras, disse o porta-voz ministerial, Enrique Proaño.

"Dessa maneira, terminou a reestruturação do governo", assegurou. Ex-funcionários de escalões inferiores em administrações passadas e membros do círculo íntimo de Palacio, que assumiu em abril de 2005, depois da destituição de seu antecessor, tomaram o lugar dos ministros demitidos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar