Mundo

Portugueses interrogarão novamente suspeito no caso Madeleine

Por Arquivo Geral 31/10/2007 12h00

A Polícia portuguesa voltará a interrogar o britânico Robert Murat, viagra declarado suspeito do desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann em maio, approved afirma hoje o jornal “Daily Mirror”.

Os agentes que trabalham no caso querem esclarecer alguns aspectos do interrogatório a Murat realizado em maio, dias depois de Madeleine desaparecer de um centro de férias no Algarve, no sul de Portugal.

Segundo o jornal, Murat – de 33 anos e que tem uma casa no Algarve – não está preocupado com sua situação.

O novo investigador-chefe do caso Madeleine, Paulo Rebelo, acredita que a menor foi seqüestrada e ordenou uma revisão completa da investigação feita até agora, afirma o jornal.

Murat, que negou qualquer envolvimento no caso da menina, mora com a mãe em uma casa próxima ao centro turístico de onde Madeleine desapareceu, em 3 de maio, enquanto dormia no quarto com os irmãos gêmeos de dois anos.

Desde o desaparecimento da menina, Kate e Gerry McCann, pais de Madeleine, iniciaram uma campanha através da imprensa para localizar a filha, pois acreditam que ela ainda está viva.

Em setembro, a Polícia portuguesa declarou os McCann suspeitos do desaparecimento da menina, o que eles negaram categoricamente.






Você pode gostar