Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Para FMI, economias podem colapsar se G20 não colaborar sobre dívidas

Em termos comparáveis, a diretora afirmou também ser “fundamental” que os credores do setor privado implementem o alívio da dívida

FILE PHOTO: The International Monetary Fund (IMF) logo is seen outside the headquarters building in Washington, U.S., September 4, 2018. REUTERS/Yuri Gripas/File Photo

Diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristina Georgieva disse ser possível que diversas economias colapsem caso os membros do G20 não ajam para colaborar com o alívio da dívida externa. Em publicação no blog do FMI, em coautoria com a diretora de estratégia, política e revisão, Ceyla Pazarbasioglu, Georgieva diz que os credores do grupo devem concordar em acelerar as reestruturações de dívida e, enquanto ocorrem as negociações, suspender o serviço da dívida.

Em termos comparáveis, a diretora afirmou também ser “fundamental” que os credores do setor privado implementem o alívio da dívida.

Mesmo com os alívios proporcionados durante a pandemia, cerca de 60% dos países de baixa renda estão em alto risco de sofrer com a dívida ou já estão endividados, diz o FMI.

No ano que vem, o desafio deve ser ainda maior, visto o iminente aperto das condições financeiras internacionais.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar