Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Mundo

Para conter crise migratória, EUA vão reabrir parte da fronteira Texas-México

A abertura deve ocorrer às 16h (horário local), deste sábado, dia 25. Os refugiados estão no local em busca de asilo

Por Agência Estado 25/09/2021 3h47
Haitian migrants are pictured in a makeshift encampment where more than 12,000 people hoping to enter the United States await under the international bridge in Del Rio, Texas on September 21, 2021. – The United Nations expressed deep concern September 21, 2021, at mass deportations of Haitian migrants from the United States, warning they could go against international law. (Photo by PAUL RATJE / AFP)

O governo dos Estados Unidos deve reabrir parcialmente a fronteira do Texas com o México, na região onde há um número expressivo de imigrantes haitianos. A abertura deve ocorrer às 16h (horário local), deste sábado, dia 25. Os refugiados estão no local em busca de asilo.

Nesta semana, o governo americano intensificou a deportação de haitianos. No fim da semana passada, autoridades estimavam que mais de 10 mil imigrantes tenham cruzado a fronteira no trecho do Rio Grande que separa as cidades de Del Rio, no Texas, e Ciudad Acuña, no Estado mexicano de Coahuila. Mais de 29 mil haitianos chegaram aos EUA nos últimos 11 meses, segundo dados da Alfândega e Proteção de Fronteiras americana (CPB, na sigla em inglês).

No começo da semana, cerca de 15 mil pessoas se abrigaram em acampamentos improvisados debaixo da ponte internacional, entre Del Rio e Ciudad Acuña, enquanto agentes trabalhavam para processar os pedidos de asilo. Segundo autoridades, o acesso à água potável e a alimentos é escasso e as condições de higiene são precárias.

Na última quinta-feira, o enviado especial dos EUA ao Haiti, Daniel Foote, entregou o cargo em uma carta endereçada ao secretário de Estado, Antony Blinken. Na mensagem, ele afirma não querer ser associado à decisão do governo de deportar em massa os refugiados de maneira “desumana” e “contraproducente”. Fonte: Associated Press.








Você pode gostar