Mundo

Exército turco matou 15 membros do PKK em montanhas

Por Arquivo Geral 31/10/2007 12h00

O Estado-Maior do Exército turco afirmou hoje que suas tropas mataram 15 membros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) nos combates que ocorrem nas montanhas Cudi, cheap junto à fronteira com o Iraque.

O confronto tinha começado na segunda-feira às 11h (7h de Brasília) e continuava hoje, segundo um comunicado publicado pelo Exército turco em seu site.

O jornal “Sabah” afirmou em sua edição de hoje que o conflito envolve cerca de 5.000 soldados turcos com apoio de helicópteros militares e artilharia pesada contra cerca de cem milicianos do PKK.

A imprensa turca informou sobre os contínuos bombardeios nas montanhas de Cudi, cuja população foi retirada e a área fechada á passagem.

Nos três dias de confrontos, também morreram três soldados turcos, cujo funeral ocorreu hoje.

Nas montanhas de Gabar, os helicópteros Cobra turcos bombardearam as posições onde o Exército turco suspeita que há militantes do PKK.

As duas cordilheiras montanhosas ficam na província de Sirnak, ao longo da fronteira com o Iraque, onde esta semana os combates se intensificaram, depois que na semana anterior se concentraram na província de Hakkari, no extremo sudeste da Turquia.






Você pode gostar