Menu
Mundo

EUA: Yellen inicia visita à China, na tentativa de aliviar tensões bilaterais

Yellen terá encontros com autoridades chinesas e empresários americanos, mas não há previsão de reunião com o presidente da China, Xi Jinping, disseram funcionários do Tesouro

Redação Jornal de Brasília

06/07/2023 8h47

A secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, chegou a Pequim nesta quinta-feira (6) para reuniões com líderes da China, como parte de esforços para reavivar relações bilaterais que se deterioraram em meio a disputas sobre segurança, tecnologia e outras questões.

O plano de Yellen é focar a estabilização da economia global e desafiar o apoio do governo chinês à Rússia durante a invasão da Ucrânia, segundo relataram funcionários do Tesouro americano, antes do início da viagem.

Yellen terá encontros com autoridades chinesas e empresários americanos, mas não há previsão de reunião com o presidente da China, Xi Jinping, disseram funcionários do Tesouro.

A visita de Yellen se segue à do secretário do Estado americano, Antony Blinken, que se reuniu com Xi no mês passado. Na ocasião, os dois concordaram em estabilizar as relações bilaterais, mas não chegaram a um acerto sobre como aperfeiçoar a comunicação entre seus militares.

Estadão Conteúdo

    Você também pode gostar

    Assine nossa newsletter e
    mantenha-se bem informado