Mundo

Coalizão saudita diz que não ampliará cessar-fogo no Iêmen

Por Agência Estado 21/11/2016 3h04

A coalizão liderada pela Arábia Saudita que combate rebeldes xiitas no Iêmen afirmou que não haverá extensão do cessar-fogo de 48 horas no país, de acordo com um porta-voz. A trégua tem sido desrespeitada pelos lados em conflito.

O general Ahmed al-Assiri afirmou à rede Al-Arabiya, sediada em Dubai, que o cessar-fogo não será ampliado. A coalizão havia declarado a trégua no sábado, porém não pararam os confrontos desde então.

A violência mostrou-se particularmente intensa na cidade de Taiz, no oeste iemenita, onde os rebeldes conhecidos como houthis e seus aliados têm cercado as forças ligadas ao governo reconhecido internacionalmente do presidente Abed-Rbbo Mansour Hadi, que é apoiado pela coalizão, há cerca de um ano.

A coalizão retomou nesta segunda-feira ataques na capital do país, Sanaa, e também nas cidades de Marib e Jouf, no leste, e em Madi, na fronteira norte do Iêmen. Fonte: Associated Press.

Fonte: Estadao Conteudo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar