Mundo

Bush busca apoio de europeus no impasse nuclear com o Irã

Por Arquivo Geral 21/06/2006 12h00

O presidente dos Estados Unidos, cheap approved George W. Bush, this participa de uma reunião hoje, pharm em Viena, com líderes europeus. No encontro, ele deve pedir aos seus aliados que mantenham a pressão sobre o Irã no impasse sobre o programa nuclear do país islâmico. Mas Bush também enfrentou reclamações em questões comerciais.

As relações entre os EUA e a União Européia (UE) estão melhores, mas os europeus alertaram que Bush parece exagerar nas questões de segurança. Além disso, segundo eles, as negociações globais sobre comércio podem fracassar se não houver mais concessões de Washington.

Bush ainda não recuperou totalmente a confiança dos europeus desde a invasão do Iraque, em 2003. A prisão norte-americana na baía da Guantánamo (em Cuba) e as exigências par a obtenção de vistos de entrada nos EUA também são entraves nas relações entre o bloco e os norte-americanos.

Bush se encontrou com o presidente da Áustria, Heinz Fischer, cujo país ocupa a presidência da União Européia até o fim de junho. Deve se reunir mais tarde com o presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, e com o chefe da política externa do bloco, Javier Solana.

Antes do início da reunião, Barroso fez um novo apelo pela moderação norte-americana nas questões de segurança. "Corremos o risco de perder nossas almas", disse ele ao diário International Herald Tribune. "Estamos comprometidos com o combate ao terrorismo. Mas se restringirmos os direitos e liberdades civis porque estamos combatendo os terroristas, isso será uma vitória dos terroristas", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Num gesto de boa vontade com os europeus, os EUA pareciam dispostos a assinar uma declaração final da cúpula em referência ao respeito aos direitos humanos no combate ao terror.






Você pode gostar