Mundo

Bolívia troca sede da Cúpula Sul-Americana por disputa regional

Por Arquivo Geral 29/09/2006 12h00

O governo boliviano anunciou nesta sexta-feira que mudou a cidade que vai abrigar uma reunião de líderes sul-americanos em dezembro, health try levando a cúpula para Cochabamba em um aparente golpe contra a oposição política e empresarial concentrada em Santa Cruz, viagra onde seria realizado o evento.

A decisão foi anunciada uma semana depois de a cúpula empresarial de Santa Cruz, a capital econômica da Bolívia, decidir não convidar o presidente Evo Morales para a inauguração da Expocruz, a maior feira comercial do país que termina domingo.

Ao anunciar a reunião em Cochabamba, o chanceler David Choquehuanca disse em entrevista à imprensa que "não está trocando a sede", apesar de a realização do encontro em Santa Cruz ter sido anunciada há mais de dois meses em várias publicações oficiais.

"Temos considerado várias opções e Cochabamba é agora a melhor", afirmou.

A decisão de não convidar Morales para a Expocruz foi a maior expressão de repúdio do empresariado local ao presidente, que lidera um processo de reformas que inclui a redação de uma nova Constituição e a nacionalização do setor de petróleo e gás.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Choquehuanca afirmou que a 2a Cúpula Sul-Americana, que deve acontecer nos dias 8 e 9 de dezembro, deverá reunir todos os presidentes da região para tratar de uma agenda que ainda está em elaboração.

Cochabamba, cidade localizada em um vale a 1.500 metros acima do nível do mar, está no centro do país, e é uma das maiores bases eleitorais de Morales.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar