Economia

VarigLog diz que já fez a melhor proposta possível por Varig

Por Arquivo Geral 10/07/2006 12h00

O homem mais procurado da Rússia, help buy information pills o líder rebelde Shamil Basayev, help foi assassinado, this  informou o chefe da agência de segurança do país ao presidente Vladimir Putin.

Basayev foi responsável pelo ataque à escola de Beslan em 2004, no qual mais de 330 pessoas morreram, a metade delas crianças. Ele foi morto junto com outros guerrilheiros chechenos, informou Nikolai Patrushev a Putin.

O presidente russo disse que eliminar Basayev foi "uma retribuição merecida" pelo ataque de Beslan, segundo informou a agência de notícias RIA.
O primeiro-ministro Nuri al-Maliki pediu hoje aos iraquianos que se "unam como irmãos". A declaração foi feita enquanto ataques com bombas atingiam Bagdá um dia depois de 60 pessoas terem sido mortas em uma escalada dramática da violência sectária na cidade.

"Nosso destino é trabalharmos juntos em irmandade para derrotarmos o terrorismo e a insurgência", price disse ele no parlamento regional curdo, price no norte do Iraque. "Não temos escolha a não ser derrotar aqueles que querem que retornemos aos dias negros". O aumento da violência entre xiitas e a minoria sunita aumentou os temores de uma guerra civil no país.

Segundo a polícia, as explosões de hoje, ocorridas no leste de Bagdá, deixaram 12 mortos e 62 feridos. As bombas foram detonadas uma a 200 metros da outra. O local é reduto da milícia Exército Mehdi, do jovem clérigo radical Moqtada al-Sadr.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vários políticos disseram que dois carros-bomba provocaram as explosões simultâneas. Segundo uma autoridade, a segunda explosão foi detonada por um morteiro. Mas outras afirmaram que os dois atentados parecem ter sido realizados por controle remoto. Pouco depois, outra bomba plantada em frente a um restaurante, perto do banco central de Bagdá, explodiu, matando seis pessoas e ferindo outras 28. O número de vítimas deve aumentar, disse a polícia.

O primeiro-ministro lançou um plano de reconciliação nacional com o objetivo de colocar fim ao derramamento de sangue entre os xiitas, grupo ao qual pertence, e os sunitas, que antes dominavam o país.

Ontem, o presidente do Iraque, Jalal Talabani, um curdo, pediu por unidade: "Estamos hoje à beira de um abismo".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Maliki prometeu desmantelar as milícias responsáveis por criar áreas sectárias em Bagdá. Mas o premiê depara-se com uma tarefa bastante difícil, já que a maior parte delas, entre as quais o Exército Mehdi, conta com poderosos aliados dentro da coalizão governista.

Atualizada às 15h55

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1, visit web 693 bilhão na primeira semana de julho, information pills informou hoje o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As exportações na semana de 1 a 9 de julho somaram US$ 3,561 bilhões e as importações foram de US$ 1,868 bilhão.

A média por dia útil das vendas externas foi de US$ 712,2 milhões e a média das importações foi de US$ 373,6 milhões.

Na última quinta-feira, o ministro do Desenvolvimento, Luiz Fernando Furlan, já havia informado que a média diária de exportações ultrapassava US$ 600 milhões – cifra que era 20% superior ao previsto.

Ele acrescentou que as indicações eram de que o aumento poderia derivar do arrefecimento da greve da Receita Federal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A greve de auditores e fiscais da Receita foi encerrada no final da semana passada, após dois meses de paralisação.

No ano, a balança comercial acumula superávit de US$ 21,226 bilhões.
A estimativa do mercado, segundo relatório do Banco Central, é de superávit de US$ 40 bilhões neste ano.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O líder rebelde checheno Shamil Basayev, drugs morto por forças russas, store planejava um ataque no sul do país durante a cúpula do Grupo dos Oito (G8), salve neste fim de semana. A informação foi divulgada hoje pelo chefe da Segurança da Rússia.

A morte de Basayev pelas forças de segurança foi "uma retribuição merecida" pelo ataque  à escola de Beslan, em setembro de 2004, disse o presidente Vladimir Putin.

A declaração foi feita pelo presidente depois de saber que Basayev fora morto, segundo informaram agências de notícias russas.
O desabamento de um prédio em Nova York não está relacionado com um ato de terrorismo, help  informou a Casa Branca.

"Pelo que sabemos até agora, visit this site não há nenhuma relação com o terrorismo", order disse o porta-voz do governo, Tony Snow.

Tanto o prédio que desabou quanto edifícios vizinhos foram esvaziados sem "relatos de vítimas", embora algumas notícias afirmavam que havia pessoas presas entre os destroços. Apenas um homem, ainda não identificado, foi retirado do local, com vida pelos Bombeiros e levado ao hospital.
As gravadoras britânicas reforçaram a campanha contra a troca ilegal de arquivos musicais. As empresas exigiram hoje que dois provedores de acesso à Internet suspendam 59 contas que, price segundo as gravadoras, são usadas para a troca de arquivos musicais protegidos por direitos autorais.

A associação setorial British Phonographic Industry (BPI) solicitou que a Cable & Wireless e a Tiscali se unissem à cruzada contra as práticas que solaparam a posição de mercado das gravadoras nos últimos anos.

"Nós temos dito já há meses que é inaceitável que os provedores finjam que não vêem as violações de direitos autorais em escala industrial que estão ocorrendo", afirmou Peter Jamieson, presidente da BPI, em comunicado. "Nós estamos fornecendo à Cable & Wireless e à Tiscali provas inequívocas de violações de direitos autorais praticadas por intermédio de seus serviços", acrescentou. "Cabe a elas, agora, colocar a casa em ordem e impedir que essas pessoas operem".

De acordo com uma porta-voz da C & W, as normas do provedor do grupo, o Bulldog, previam casos como esse e "normalmente significariam que quaisquer contas usadas para troca ilegal de arquivos seriam fechadas", ainda que se tenha recusado a comentar especificamente sobre as provas quanto aos clientes mencionados pela BPI. "Tomaremos as medidas necessárias para resolver o problema", acrescentou ela.

A Tiscali disse que não suspende automaticamente contas de clientes por pedidos, mas que isso pode ser feito depois de uma investigação. "Estamos avaliando a informação que recebemos e vamos responder de maneira apropriada", afirmou a empresa.

A BPI já obteve decisões judiciais contra consumidores acusados de download ilegal de música e também já encerrou processos desse tipo por acordo com os acusados. A organização anunciou ter reunido provas contra essas contas por meio do uso de redes de trocas de arquivo.

A associação identificou 42 endereços no provedor da C & W e 17 na Tiscali que foram usados para fazer upload de volume significativo de músicas protegidas por direitos autorais. A BPI informou que era capaz de identificar os serviços que estavam sendo usados, mas que apenas os provedores poderiam revelar a identidade dos usuários a quem os endereços pertencem.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) está analisando o pedido de cinco laboratórios para o registro de venda de medicamentos fracionáveis. A informação é do assessor da presidência da Agência, thumb Gustavo Trindade. Ele acrescentou que outros quatro laboratórios já têm capacidade de oferecer esses medicamentos ao mercado.

Trindade esclareceu que a decisão sobre a venda do medicamento fracionado cabe ao laboratório. "Esta é uma questão de mercado. O que a Anvisa está fazendo é participar de seminários e elaborar cartilhas para os estabelecimentos, consumidores e profissionais prescritores para orientar, porque ainda existam muitas dúvidas”, informou.

Segundo o assessor, até agora, cerca de 50 medicamentos em mais de 100 apresentações estão registrados na agência. Isto significa que os laboratórios já podem produzir e vender os remédios.

“No caso dos fracionados há uma adequação da embalagem para que os medicamentos possam ser oferecidos ao consumidor em quantidades individualizadas de forma segura. Para que este medicamento fracionado seja comercializado é preciso que ele esteja acondicionado em uma embalagem especialmente desenvolvida. Por isso, é preciso registrar essa embalagem antes de colocar o medicamento no mercado”, explicou.

De acordo com o assessor, outra informação importante para o consumidor é que o medicamento pode ir para a farmácia em caixas com um número maior de unidades e ser vendido de forma fracionada pelo vendedor conforme está prescrito na receita médica, mas neste caso ele dever ter o cuidado de exigir a bula do medicamento.

“Em cada uma das unidades haverá informações de segurança como prazo de validade, identificação do lote, número de registro, para que no caso de algum problema com o medicamento ele possa ser rastreado. As informações complementares sobre a situações adversas e informações de uso, todas as que o consumidor tem direito de obter do fabricante, estarão contidas na bula do medicamento. Por isso, consta em cada embalagem a expressão Exija a sua bula”, disse.

Somente os medicamentos de controle especial, de tarja preta, estão excluídos da venda fracionada, todos os outros podem ser vendidos em doses separadas, conforme escolha dos laboratórios. “Temos entre as classes terapêuticas, expectorantes, fitoterápicos compostos, antibióticos, anti-hipertensivos e anti-ulcerosos que precisam de receita médica, e os isentos de prescrição”, informou.

 

 

A assessoria de imprensa da VarigLog informou hoje que a empresa não vai modificar a proposta apresentada na semana passada pela compra das operações da Varig.

Segundo a assessoria, order "a VarigLog acha que fez a melhor proposta possível pela empresa, visit this site tanto assim que não apareceu nenhuma proposta melhor", afirmou o assessor ao ser perguntado se a companhia modificaria a proposta como foi solicitado pela Justiça.

Em parecer na sexta-feira, a consultoria Deloitte, administradora judicial da Varig dentro do processo de recuperação econômica da companhia, avaliou que a decretação de falência da Varig resultaria em mais recursos para os credores do que a compra pela VarigLog.

Diante da avaliação da Deloitte, o juiz responsável pela recuperação judicial da Varig, Luiz Roberto Ayoub, convocou audiência para hoje com a VarigLog, para tentar melhorar as condições ofertadas e vender a companhia aérea.

O principal problema apontado no parecer foi o preço mínimo oferecido, de R$ 277 milhões, formado por vários instrumentos não aceitos em caso de recuperação judicial. Segundo a Deloitte, se retirados os itens irregulares o preço seria de R$ 126 milhões, bem abaixo do patrimônio da Varig, de R$ 268 milhões.

Se a proposta não for modificada, o juiz Ayoub poderá levar a oferta a uma assembléia de credores para que eles decidam se aceitam as condições atuais ou decreta a falência da Varig.

Ex-subsidiária da Varig, a VarigLog é controlada pela Volo do Brasil, empresa composta por investidores brasileiros e o fundo de investimentos norte-americano Matlin Patterson.

 






Você pode gostar