Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

Usuários percebem instabilidade em app do Auxílio Emergencial. Maia aponta erro

Para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, foi um “ato de desrespeito” manter o pagamento do auxílio emergencial apenas na Caixa

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O aplicativo Auxílio Emergencial, lançado pela Caixa Econômica Federal nesta terça-feira (7) para cadastrar as pessoas que estão aptas a receber o auxílio de R$ 600, está recebendo diversas reclamações nas redes sociais. Usuário não estão conseguindo completar o cadastro ou preencher alguns dados. 

Além do aplicativo, o site auxilio.caixa.gov.br também ficou fora do ar na manhã de hoje, por volta de 1 hora. Segundo a Caixa, apenas durante a manhã, o aplicativo chegou a receber mais de 8 milhões de acessos. 

Centralizar pagamentos na Caixa foi erro, afirma Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, durante coletiva de imprensa nesta terça (7), disse que foi um “erro” e um “ato de desrespeito” manter o pagamento do auxílio emergencial apenas na Caixa.

“Hoje, Onyx Lorenzoni pediu que a população procurasse as casas lotéricas, excluindo municípios, como os Cras. A proposta foi construída em respeito federativo, por isso é um erro e até desrespeito com tantos profissionais das áreas sociais”, disse Maia no Salão Negro da Câmara. 

Veja alguns relatos publicados nas redes sociais: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

https://twitter.com/RuanSilva2607/status/1247541382345981954

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar