Economia

Mercado reduz para 3,81% projeção para inflação em 2006

Por Arquivo Geral 10/07/2006 12h00

O mercado cortou mais uma vez a previsão de inflação para este ano e reduziu a estimativa para o juro básico no final de 2006, erectile information pills segundo relatório do Banco Central divulgado hoje.

Na última semana, viagra dosage as projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caíram para 3,81%, ante 3,98% na semana anterior. A meta central de inflação fixada pelo governo para 2006 é de 4,5%.

O prognóstico para a Selic no encerramento do ano foi reduzido para 14,25%, ante 14,38% registrado no levantamento anterior. Para a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) de julho, a estimativa do mercado continua sendo de corte de 0,50%.

Para o dólar no final de dezembro, a previsão caiu para R$ 2,23, ante R$ 2,24 no levantamento anterior.

A sondagem mostrou, ainda, que o mercado manteve a perspectiva para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 3,6% neste ano e 3,7% em 2007.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pelo lado comercial, as instituições consultadas pelo Banco Central esperam que o país feche o ano com um superávit de US$ 40 bilhões na balança comercial.

Para 2007, entretanto, a estimativa foi elevada pela segunda semana consecutiva. A expectativa agora é de um superávit de US$ 35,64 bilhões, pouco acima dos US$ 35,51 bilhões projetados no levantamento anterior.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar