Economia

Inflação brasileira até outubro é de 3,3%

Por Arquivo Geral 07/11/2007 12h00

A taxa acumulada entre janeiro e outubro de 2007 foi quase um ponto percentual acima de 2, abortion 33% medido no mesmo período do ano passado, more about segundo o boletim divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O índice até outubro, stomach no entanto, ainda está dentro das expectativas do Governo, que se impôs a meta de fechar 2007 com uma inflação de 4,5%, com uma margem de oscilação de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

Igualmente, está dentro das previsões dos economistas de órgãos privados, que calculam que o Brasil terminará o ano com uma inflação de 3,90%.

A inflação de outubro foi de 0,3%, quase o dobro que a registrada em setembro (0,18%), mas levemente inferior à do mesmo mês de 2006 (0,33%), assinalou o boletim do IBGE.

A inflação anualizada até outubro ficou em 4,12%, quase igual aos 4,15% medidos entre novembro de 2005 e outubro de 2006.

A inflação de 2006 foi de 3,14%, praticamente a metade dos 5,69% de 2005 e abaixo da meta que tinha sido fixado pelo Governo (4,5%).

Segundo o organismo oficial, o aumento do índice entre setembro e outubro foi provocado principalmente pelo reajuste do preço de produtos de estação, como as frutas, que subiram 7,05% e tiveram uma contribuição individual na taxa total do mês de 0,06 ponto percentual.

O IBGE esclareceu que o aumento das frutas foi compensado com a queda de 12,84% no preço do leite, produto que vinha pressionando a inflação nos últimos meses e que enfrenta resistência dos consumidores desde que se descobriram casos de contaminação com químicos.

Apesar da redução do preço do leite, os alimentos em geral subiram 0,52%, contra 0,44% de setembro, principalmente pelos aumentos de produtos como a carne (1,83%), o feijão (15,85%) e a batata (14,97%).

O índice mensal também foi pressionado pela gasolina, cujo preço subiu 0,36% em outubro após haver caído um 0,79 % em setembro.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo Instituto desde 1980, estabelece a variação de preços em 11 das maiores cidades do país para as famílias com renda equivalente a cerca de entre US$ 217 e US$ 8.686 mensais.






Você pode gostar