Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

Indústria: massa salarial retorna a patamar pré-pandemia

Ainda de acordo com a CNI, durante a segunda onda de covid-19, a indústria reagiu e se manteve de forma positiva

Por Geovanna Bispo 11/06/2021 10h02
Central de Armazenamento do Iges-DF, no Setor de Indústria e Abastecimento, tem medicamentos para anestesia geral e dores extremas | Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF

Dados da Confederação Nacional da Industria (CNI) mostram que a massa salarial da indústria voltou ao patamar pré-pandemia e que o emprego também apresentou alta. Ainda assim, o faturamento real da indústria de transformação apresentou recuo de 1,3% no período.

Ainda de acordo com a CNI, durante a segunda onda de covid-19, a indústria reagiu e se manteve de forma positiva. As horas trabalhadas na produção cresceram 0,7% em abril, após alta de 1,1% no mês anterior.

O gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, avalia que a atividade industrial persistentemente alta reflete a busca pela recomposição de estoques. “Todo esse movimento, com utilização da capacidade instalada elevada e crescimento constante no emprego, é resultado do rápido crescimento do segundo semestre do ano passado e da resiliência na indústria nos primeiros meses do ano”, avalia Azevedo.






Você pode gostar