Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

Construção tem, em outubro, o melhor desempenho do ano

O índice de evolução do nível de atividade ficou em 51,7 pontos, acima da linha divisória dos 50 pontos que separa aumento de queda

Por Willian Matos 24/11/2021 11h24
engenharia obra pedreiros

O setor de construção registrou, em outubro, o melhor desempenho do ano na categoria. A Sondagem Indústria da Construção, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), apontou atividade mais intensa no mês passado, com recuperação no nível de emprego após dois meses de recuo.

O índice de evolução do nível de atividade ficou em 51,7 pontos, acima da linha divisória dos 50 pontos que separa aumento de queda. Para chegar ao número, a CNI consultou 446 empresas do ramo da construção, sendo 167 pequenas, 187 médias e 92 grandes organizações. O levantamento foi realizado entre 3 e 12 de novembro.

O desempenho mais favorável do setor ocorre também por conta da intenção dos empresários de investir. O índice de outubro foi 44,5 pontos, acima da média de 35,4 pontos. O gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, afirma que as expectativas dos empresários da Indústria da Construção permaneceram otimistas.

Os índices de expectativa de novos empreendimentos e serviços e de número de empregados se mantiveram estáveis em relação a outubro, em 54,2 pontos e 54,3 pontos, respectivamente. Os índices de expectativa do nível de atividade e de compras de insumos e matérias primas, contudo, registraram queda, de 0,8 ponto e 0,6 ponto, para 55,1 pontos e 54,4 pontos, respectivamente.

“Apesar da queda, todos os índices de expectativas seguem acima da linha divisória de 50 pontos, indicando que as expectativas dos empresários são de crescimento para os próximos seis meses”, explica Azevedo. O índice de Confiança do Empresário (ICEI) da Indústria de Construção referente a novembro apresentou leve recuo, indicando pouca variação na confiança desde setembro.








Você pode gostar