Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

Brasil sofre risco de desabastecimento de combustíveis, diz Petrobras

O risco ocorre pela alta de 20%, no caso do diesel, e 10%, no caso da gasolina, se comparado com o mesmo período de 2019

Por Geovanna Bispo 19/10/2021 3h13
Rio de Janeiro – Sede da Petrobras (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Na tarde desta terça-feira (19), a Petrobras admitiu, apenas quatro dias após negar, que o país pode sofrer com desabastecimento de diesel e gasolina no próximo mês.

Segundo a empresa, o risco ocorre pela alta de 20%, no caso do diesel, e 10%, no caso da gasolina, se comparado com o mesmo período de 2019. Já para novembro, a previsão é de que a demanda continue elevada.

A Associação das Distribuidoras de Combustíveis Brasilcom afirmou, na última sexta-feira (15), que havia acontecido “uma série de cortes unilaterais nos pedidos feitos para fornecimento de gasolina e óleo diesel.”

De acordo com a Associação, eles chegaram a comunicar os problemas à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP). Ainda assim, a Petrobras negou os riscos.

Em nota, a Petrobras afirmou que todos os contratos com as distribuidoras serão cumpridos de acordo com os termos, prazos e capacidade. “A Petrobras segue atendendo os contratos com as distribuidoras, de acordo com os termos, prazos vigentes e sua capacidade. Além disso, a companhia está maximizando sua produção e entregas, operando com elevada utilização de suas refinarias”








Você pode gostar