Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Economia

Apoio governamental protegeu receitas fiscais dos impactos da pandemia, diz OCDE

O motivo está nas medidas de apoio governamental introduzidas para apoiar famílias e empresas

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

De acordo com uma nova pesquisa da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o impacto da pandemia de covid-19 sobre as receitas fiscais foi menor do que durante crises anteriores. O motivo está nas medidas de apoio governamental introduzidas para apoiar famílias e empresas.

O documento também mostra que a taxa média de impostos em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) da OCDE aumentou ligeiramente para 33,5% em 2020, um aumento de 0,1 ponto porcentual desde 2019.

“Embora as receitas fiscais nominais tenham caído na maioria dos países da OCDE, as quedas no PIB dos países costumavam ser maiores, resultando em um pequeno aumento na proporção média de impostos em relação ao PIB”, diz o texto.

Segundo o relatório, muitas das medidas de política tributária implementadas tiveram um custo de receita direta por meio de reduções nas obrigações tributárias, aumento dos créditos, deduções fiscais e reduções nas taxas de impostos.

Estadão Conteúdo








Você pode gostar