Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

Covid: 18 mil pessoas não tomaram a 2ª da vacina em julho

Além disso, na última semana o GDF disponibilizou uma repescagem para pessoas com comorbidades com mil doses disponíveis

Por Geovanna Bispo 02/08/2021 3h51
Foto: CARLOS OSORIO/REUTERS – 05.05.2021

Cerca de 18.113 pessoas não voltaram aos postos de vacinação para completarem a imunização contra a covid-19. Segundo o chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, a Secretaria de Saúde esperava imunizar 213.247 pessoas em julho, porém apenas 195.194 foram aos postos. Para agosto, a expectativa é que 245.535 tomem a 2ª dose dos imunizantes.

Além disso, na última semana o GDF disponibilizou uma repescagem para pessoas com comorbidades com mil doses disponíveis. Segundo Rocha, apenas 360 pessoas procuraram os postos de vacinação e mais 309 estão agendadas.

Ainda nesta segunda-feira (02), o governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB), em conversa com o Jornal de Brasília, confirmou a ampliação da faixa etária da vacinação contra a covid-19. A partir desta terça-feira (3), serão vacinadas pessoas com 30 anos ou mais.

Já na quinta (5), adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades também estarão liberados. Primeiramente, estarão nesse grupo jovens com síndrome de down e autismo, com três mil doses iniciais.

Assim como nas últimas ampliações, não será necessário o agendamento para pessoas com 30 anos. Já para os adolescentes, o cadastramento começará ainda hoje, às 15h,e o agendamento nesta quarta-feira (04). A ampliação da vacinação é possível após a chegada de 208 mil vacinas no último sábado.

Atualização

O Distrito Federal está com a menor a taxa de ocupação de leitos de UTIs desde o início da pandemia de covid-19, em março do ano passado. Segundo Rocha, a taxa está em 59,47%, com seis pessoas na lista de espera, mas com 77 leitos vagos. Essas pessoas que aguardam esperam a confirmação do exame de coronavírus.

Ainda de acordo com Rocha, o Índice de Transmissibilidade, após ter se mantido por alguns dias em 0,98, subiu para 0,99. Vale lembrar que, acima de 1, a taxa indica que a pandemia está tendendo a avanças. Em momento mais crítico da pandemia, o índice chegou a 1,38.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Restrições

Ibaneis também irá fazer alterações no decreto que determina as medidas de restrições relacionadas ao combate a covid-19. As mudanças devem ser publicadas nesta terça-feira (03).

“O governador está flexibilizando as regras devido aos números no DF e ao aumento da vacinação. No entanto, shows ainda não estão permitidos. O DF Legal vai aumentar fiscalização”, explicou o secretario.

Segundo o secretario, a decisão se deve pela estabilidade do Índice de Transmissibilidade, que tem se mantido entre 0,98 e 0,99. Vale lembrar que, acima de 1, a taxa indica que a pandemia está tendendo a avanças. Em momento mais crítico da pandemia, o índice chegou a 1,38.

Veja as principais mudanças:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
  • Autorização para realização de eventos cívicos e gastronômicos
  • Autorização para realização de feiras e exposições culturais
  • Redução do afastamento mínimo entre as pessoas em rituais religiosos e escolas de 1,5 metros para 1 metro
  • Para jogos esportivos, o prazo para realização de exames PCR aumenta para 72 horas de antecedência
  • Ainda em jogos esportivos, a capacidade de lotação subiu para 30%
  • Grávidas e menores de 18 anos também estão autorizados a entrar nos jogos, desde que apresente o PCR






Você pode gostar