Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Saiba como tratar os indesejáveis poros dilatados

Por Arquivo Geral 15/10/2012 5h44

Em um tempo de imagens em alta definição, as imperfeições da pele passaram a ficar registradas para a posteridade. Em muitas fotos, é possível ver até poros dilatados – uma das frequentes queixas no consultório dermatológico. “Felizmente, a tecnologia para tratar o problema caminhou a passos largos”, afirma a dermatologista Cristiane Dal Magro, de Brasília.

 

A especialista explica que por trás do incômodo está, usualmente, a oleosidade não controlada. As altas temperaturas registradas na capital federal também colaboram, uma vez que o calor costuma potencializar a ação das glândulas sebáceas. “Com a dilatação, ocorre o acúmulo de resíduos que, por sua vez, ocasionam problemas secundários”, comenta Dra. Cristiane.

 

Brinde – Para reverter o quadro, há um rol de opções. “Dependo de cada caso, podemos lançar mão de produtos tópicos e orais, além do laser e da fotobioestimulação”, explica a dermatologista. No dia a dia, recomenda-se cuidado redobrado com a higienização facial, com o uso de sabonetes à base de ácido glicólico ou salicílico. Disfarçar a pele com maquiagem pesada pode se tornar um problema em longo prazo. “O uso excessivo de cosméticos costuma aumentar a oleosidade e, ainda, originar espinhas”, adverte Dra. Cristiane.

 

Para quem quer chegar ao réveillon com a pele renovada esta é a hora de iniciar os cuidados. “Os tratamentos dermatológicos são progressivos. Devem-se cumprir, passo a passo, suas etapas”, enfatiza a médica. Além disso, Dra. Cristiane lembra que embora pareça simples, tratar a pele requer formação e experiência: “O correto é confiar os cuidados a um dermatologista, médico capacitado para diagnosticar e tratar problemas que envolvem a pele, os cabelos e as unhas”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar