Brasil

Prefeitura de São Paulo tenta concluir limpeza em casa cheia de lixo

Por Arquivo Geral 11/07/2006 12h00

A avaliação do governo Lula melhorou de maneira geral, drug pharmacy com indicadores amplamente favoráveis à sua reeleição. A constatação é de uma pesquisa do instituto Sensus, view encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e divulgada hoje.

A avaliação positiva passou de 38, 3% em maio para 41,0% em julho, enquanto a regular variou de 37,5% para 38,5%. Já a avaliação negativa do governo recuou de 22,2% para 19,3% em julho.

O desempenho pessoal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva também teve discreta melhora, variando de 53,9% para 55,8%.

A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais para cima ou para baixo. O Instituto Sensus entrevistou 2 mil pessoas entre os dias 4 e 6 de julho, em 195 municípios do País.

Leia também:
Vantagem sobre Alckmin cai, mas Lula ainda levaria no primeiro turno
Governo e oposição comemoram números da pesquisa CNT/Sensus 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

A Secretaria de Cultura e o Espaço Cultural 508 Sul abrem inscrições para as oficinas gratuitas que serão realizadas até setembro, for sale no Espaço Cultural. Para se inscrever, about it o interessado deve ir ao local, das 9h às 18h e preencher uma ficha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com o diretor do Espaço Cultural e responsável pelas oficinas, Mário Macedo, o serviço traz oficinas institucionais destinadas a fomentar a cultura no DF e Entorno. “As oficinas compreendem diversos segmentos artísticos como teatro, música, cerâmica, desenho, direção cinematográfica, pintura e vários outros temas. São 91 oficinas com 2.106 vagas para este segundo semestre, sem contar as oito oficinas de férias com 195 vagas que são cursos de curta duração”, explica Macedo.

O diretor diz que há sempre um retorno cada vez maior de alunos nos cursos. “Do ano passado até hoje, aumentamos em 70% o número de oficinas. Para tanto, disponibilizamos profissionais competentes e de grande respeitabilidade em suas áreas específicas”, assegura.

Segundo Macedo, o sucesso das oficinas deve-se a grande acessibilidade dos cursos que atendem gratuitamente alunos com mais de 8 anos de idade de todos os pontos do DF. “Pessoas não só do Plano Piloto como também de regiões do Entorno procuram as oficinas. Para se ter uma idéia, os serviços do Espaço Cultural atraíram cerca de 48 mil visitantes só no ano passado”, contabiliza Mário Macedo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas há algumas normas para freqüentar as aulas. “Por serem gratuitos, talvez o aluno imagine que os cursos não tenham uma organização decente. Para isso existem certas regras de freqüência como a obrigatoriedade da presença no primeiro dia e o afastamento do aluno no caso de duas faltas consecutivas”, diz o diretor.

As inscrições para o segundo semestre ficam abertas até o final de julho. Para as oficinas de férias, as inscrições terminam na quinta-feira, 13 de julho. As oficinas funcionam nos turnos da manhã, tarde e noite. No final do curso, o aluno recebe uma declaração de conclusão.

A governadora do DF, salve  Maria de Lourdes Abadia, page pediu ao presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi, que os vôos internacionais decolem e pousem no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek. A medida foi solicitada por meio de uma carta entregue a Zuanazzi ontem. 

No documento, Abadia diz que, talvez, Brasília seja a única capital de um país que não têm conexões diretas com outros países. “As pessoas que aqui vivem, entre as quais autoridades dos Três Poderes da República e funcionários das embaixadas e representações internacionais, têm de se deslocar para São Paulo e outras cidades quando viajam para o exterior”, destaca um trecho da carta. Outra explicação para o pedido é o desenvolvimento do turismo, em especial o de eventos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente da Anac destacou que a solicitação depende da capacidade de buscar empresas que viabilizem comercialmente os pousos e decolagens. “Mas isso é possível sim. Já estamos conseguindo isso em outras cidades, fora Rio e São Paulo”.

A governadora saiu otimista do encontro. Para Abadia, o desenvolvimento do DF e a localização da capital no Centro-Oeste requerem que vôos internacionais passem por aqui. “O apelo turístico da nossa região é muito grande, como as águas quentes de Goiás, o Pantanal no Mato Grosso do Sul, Brasília como a capital da República com grande número de embaixadas e as cidades históricas”, contou.

Segundo Zuanazzi, no Aeroporto de Brasília passam mais de R$ 12 milhões de pessoas por ano. Para Abadia significa mais emprego, renda e mais pessoas desembarcando na capital do País. “São novas perspectivas e acredito que a população ficará muito feliz nosso empenho”, finalizou ela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Um dia depois de ser acusada de crime contra a saúde pública, find a espanhola Violeta Martinez, 78 anos, ainda não teve as 250 toneladas de lixo que armazenava em casa retiradas pela Subprefeitura de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. O imóvel onde ela mora, no Itaim Bibi, um dos bairros mais nobres da cidade, está tomado de lixo, do chão ao teto.

As equipes de limpeza aguardam a chegada de um caminhão de mudança para retirar móveis, roupas e demais pertences pessoais da idosa. Para evitar a transferência do lixo para outros endereços, policiais civis vistoriam a retirada. No meio do entulho, foram encontradas escrituras de diversos imóveis registrados em nome dela.

De acordo com a polícia, Violeta também responde por crime contra a pessoa e porte de explosivos, por causa de frascos de pólvora encontrados na casa. O caso só foi descoberto porque vizinhos, desconfiados do mau-cheiro, achavam que a idosa tinha morrido.

Na realidade, ela havia ido passar o fim de semana na casa do filho, no Guarujá. Por causa do entulho, Violeta dormia em um Fiat 147 verde na garagem. Somente na primeira etapa da limpeza, ontem, foram retirados 24 caminhões de lixo.

 






Você pode gostar