Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Mãe de Henry testa positivo para covid e fica isolada em hospital

Monique sentiu sintomas da doença, foi diagnosticada e ficará isolada pelo menos até o fim da infecção

A professora Monique Medeiros, mãe do garoto Henry Borel, foi diagnosticada com covid-19 na segunda-feira (19). A mulher foi levada ao Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, e a unidade confirmou a infecção.

Monique, que está presa por suspeita de envolvimento na morte do filho, ficará isolada no hospital. A informação é da TV Globo. Não há mais detalhes sobre o estado de saúde da professora.

Na última sexta (16), a Justiça negou o segundo pedido de habeas corpus para Monique e o namorado, o vereador Jairo Junior, conhecido como Dr. Jairinho. Ao negar o pedido, o desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, da 7ª Câmara Criminal do TJRJ destacou que prisão temporária é cabível “quando imprescindível para as investigações do inquérito policial”.

Jairinho e Monique são suspeitos de envolvimento na morte de Henry Borel, 4 anos, filho de Monique. O caso é investigado desde o óbito do garoto, no dia 8 de março, e os desdobramentos têm indicado participação do casal no caso. Após ouvir diversas pessoas que tiveram contato com o casal e com a criança, a Polícia Civil está prestes a concluir as investigações.

Mega hair

No dia 12 de março, Monique foi a um salão de um shopping na Barra da Tijuca. Três dias antes, ela viu o filho morrer. A ida da mulher ao salão é investigada, e profissionais que a atenderam foram ouvidas pela polícia.

Em depoimento prestado na 16ª DP (Barra da Tijuca), que investiga a morte de Henry, a cabeleireira relatou que a criança dizia “Mamãe, eu te atrapalho?” e “Mamãe, o tio disse que eu te atrapalho”. Ela teria respondido que não, de forma alguma, e Henry, “com um choro manhoso”, teria pedido: “Mamãe, vem pra casa” e “O tio bateu” ou “O tio brigou” – a profissional diz não se lembrar a frase exata.

A defesa da mãe de Henry argumenta que ela foi ao cabeleireiro porque, em um momento de desespero com a morte do garoto, ela teria arrancado o mega hair. Mega hair é um método de alongamento de cabelos no qual fios são fixados perto do couro cabeludo em várias camadas. “Monique ficou desesperada, arrancou os cabelos porque tem mega hair. Foi esse o motivo de ela ter ido ao salão no dia seguinte. Ela não tinha como se apresentar daquela forma”, afirmou o advogado Hugo Novais ao jornal O Globo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar