Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Justiça autoriza nova quebra de sigilo bancário de Valdemiro Santiago

O religioso é réu em um processo por falta de pagamento de aluguel na cidade de Carapicuíba (SP)

Na manhã desta sexta-feira (18), a justiça de São Paulo determinou uma nova quebra a de sigilo bancário dos últimos três anos do apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus. De acordo com o G1, o religioso é réu em um processo por falta de pagamento de aluguel na cidade de Carapicuíba (SP).

A decisão é para investigar uma “eventual confusão patrimonial” entre as contas de Valdemiro e da Igreja Mundial. A determinação da quebra de sigilo foi tomada pela juíza Rossana Luiza Mazzoni de Faria, da 4ª Vara Cível de Carapicuíba.

De acordo com o documento, o proprietário do imóvel cobra cerca de R$ 241 mil em aluguéis não pagos pela igreja de Valdemiro e quer que o religioso seja responsabilizado pela dívida, assim como o atual presidente da igreja, Mateus Machado de Oliveira.

O advogado do proprietário do imóvel alega que há indícios de que valores doados pelos fiéis da igreja foram “ocultados” nas contas bancárias de Valdemiro

Na decisão a juíza dis que embora “o réu Valdemiro Santiago de Oliveira tenha alegado que não possui qualquer relação jurídica com o autor, não se pode ignorar sua participação ativa na Igreja Mundial do Poder de Deus. Assim, oficie-se ao SISBAJUD para quebra do sigilo bancário nos últimos três anos e do INFOJUD para que traga aos autos as três últimas declarações de imposto de renda do pólo passivo”






Você pode gostar