Brasil

Gravadoras iniciam mais 8.000 ações contra downloads ilegais

Por Arquivo Geral 17/10/2006 12h00

Os Estados Unidos não ficariam surpresos se a Coréia do Norte realizar um segundo teste nuclear como uma provocação, look buy disse hoje a Casa Branca. Em meio a relatos de que haveria atividades perto do local onde a Coréia do Norte realizou o primeiro teste nuclear, nurse o porta-voz da Casa Branca, Tony Snow, disse, sem discutir a inteligência dos EUA.

"Os norte-coreanos não fizeram nenhum segredo sobre seu desejo de provocar. O primeiro teste, apesar de nuclear, foi de baixa potência e talvez não seria injustificável esperar que os norte-coreanos gostariam de tentar novamente".

Enquanto isso, militares americanos enviaram na manhã de hoje um míssil americano a 80km da fronteira com a Coréia do Norte. Um satélite espião detectou uma atividade perto da região e os militares suspeitam que o governo norte-coreano esteja planejando novos testes nucleares.

O comércio brasileiro surpreendeu e apresentou em agosto desempenho melhor que o esperado por analistas, side effects tanto em aumento de vendas mensal quanto anual, case mostraram dados divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Conforme o IBGE, check as vendas do varejo brasileiro avançaram 2,32% sobre julho e cresceram 6,27% na comparação com agosto de 2005.

Economistas estimavam avanços médios respectivos de 0,63% e 4,0%. "Tivemos um efeito de crédito e renda melhor que o esperado em agosto. O crédito parecia estar perdendo fôlego após a Copa, mas esta indicação parece superada. A perspectiva para o ano continua sendo muito boa como resultado de estímulos fiscais, aumento do salário mínimo e do funcionalismo público, além de elevação de renda em alguns setores da economia que apresentam resultados muito positivos", afirmou o economista Sergio Vale, da MB Associados.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A receita nominal do comércio em agosto subiu 2,35% ante julho e 7,46% sobre igual período de 2005. Das oito atividades que compõem o comércio varejista, quatro apresentaram desempenho positivo de julho para agosto. Na comparação anual, o resultado foi ainda melhor: apenas uma das atividades caiu em volume de vendas.

O segmento de Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, registrou ganho de 7,48% ante agosto do ano passado, o que representou quase metade da taxa global de avanço das vendas do varejo.

"O desempenho reflete basicamente a melhoria do rendimento m édio do trabalho, bem como o aumento do emprego com carteira assinada", afirmou o IBGE em comunicado.
Com o resultado de agosto, o comércio varejista acumula no ano aumento de 5,30% no volume de vendas e de 6,96% das receitas nominais.
A afirmação dos pilotos do jato Legacy, viagra 40mg que é apresentada por meio do advogado José Carlos Dias, case de que eles não conseguiram se comunicar com os controladores de vôo do Cindacta–1 (Brasília) difere de uma gravação mostrada pela Polícia Federal, onde o piloto Joseph Lepore pergunta à torre de comando, se poderia descer de 37 mil para 36 mil pés de altitude. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Legacy estava a 55km de distância (cerca de 5 minutos) do ponto onde deveria obrigatoriamente baixar a altitude, e a resposta do controlador de vôo foi para manter a altitude. Não ficou claro ainda se Joseph Lepore entendeu que deveria manter a mesma altitude até o fim do percurso ou apenas até o ponto estabelecido.

De acordo com o plano de vôo, o piloto deveria seguir de São José dos Campos a Brasília a 37 mil pés. Depois deste ponto, teria que descer a 36 mil pés, e mudar de aerovia. A partir de Teres, (ponto virtual de orientação a 300km do local da colisão) o jato teria que subir para 38 mil pés.

Apareceu agora uma nova hipótese, de que tenha ocorrido um erro de comunicação entre o jato americano e a torre de comando, segundo os peritos da Aeronáutica, mas não consideram esse fato como fundamental para o acidente ter ocorrido. “Ele (Lepore) pode até ter entendido isso como uma autorização para voar a 37 mil pés em todo o trajeto, mas não é o que constava no plano de vôo”, afirmou um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB). “Podemos dizer que 98% da culpa é do jato e 2%, do controle de tráfego aéreo”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este mesmo oficial da FAB declarou ainda que a mudança de mil pés (300m) no nível de altitude é feita em 30 segundos, e que naquele momento da rota, não havia motivos para o controlador de vôo falar em mudança de altitude.

O encarregado pela investigação, delegado da Polícia Federal Renato Sayão, criticou a Aeronáutica pela demora na liberação de informações fundamentais para a apuração do acidente. Sayão ainda não recebeu a lista com os nomes dos controladores de vôo que estavam supervisionando o jato Legacy e o Boeing da Gol. Os controladores que trabalhavam no dia do acidente (e que estão afastados desde esse dia) devem ser os primeiros a prestar depoimento.

O relatório da comissão independente criada para apurar os homicídios ocorridos no estado de São Paulo a partir de 12 de maio, visit this site quando houve os ataques da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), concluiu que, entre os casos examinados, “certamente” há indícios de execução.

“Em primeira estimativa, seria razoável admitir que cerca de 60% a 70% dos casos apresentam indícios de execução, em função da ocorrência simultânea de três fatores: disparos que atingiram as vítimas em regiões de alta letalidade, como tórax, abdome e cabeça; grande parte dos tiros foram dados a pouca distância; e número expressivo de disparos de cima para baixo”, diz o texto do relatório.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O documento está sendo apresentado hoje pelo Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH). A comissão é formada por representantes do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana de São Paulo (Condepe), do CDDPH, da defensoria pública de São Paulo, da ouvidoria da polícia paulista, além de entidades da sociedade civil.

A comissão também recebeu colaboração e acompanhamento do Ministério Público Federal e do Conselho Regional de Medicina (CRM) de São Paulo. Entre os dias 12 e 20 de maio, ocorreram 493 mortes no estado de São Paulo, decorrentes de ferimentos por arma de fogo de grosso calibre. “Acho que, no Brasil, nunca houve uma lista tão vasta de mortes em uma semana”, afirmou a presidente do Condepe, Rose Nogueira.

O relator da comissão, Paulo Mesquita, do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo, afirma que, apesar dos indícios, ainda não é possível afirmar com precisão que as mortes realmente foram execuções. Segundo ele, como todas as mortes foram causadas por arma de fogo, algumas podem não estar relacionadas ao caso.
A indústria da música iniciou mais 8.000 processos judiciais contra pessoas acusadas de compartilhar arquivos no mundo todo, seek intensificando seus esforços para acabar com a pirataria online e encorajar o uso dos serviços legalizados de download. A Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), que representa gravadoras do mundo todo, disse na terça-feira que novas ações haviam sido iniciadas em 17 países, entre as quais as primeiras surgidas no Brasil, no México e na Polônia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O grupo empresarial afirmou que mais de 1 bilhão de faixas de música foram baixadas ilegalmente no ano passado no Brasil, o maior mercado da América Latina. No país, desde 2000, o faturamento das gravadoras caiu quase pela metade, disse a IFPI. Segundo a federação, cerca de 20 bilhões de músicas foram baixadas ilegalmente em todo o mundo, no ano passado.A indústria já iniciou cerca de 18 mil processos judiciais nos EUA, o maior mercado do mundo, e 13 mil nos demais países.

O procedimento judicial envolve tanto ações criminais como ações civis que têm por alvo os uploaders, as pessoas que, sem permissão, disponibilizam músicas protegidas por direitos autorais nas redes de compartilhamento de arquivos da internet. A IFPI disse que muitos dos acusados nas ações civis e penais são os pais de menores de idade envolvidos em atividades supostamente ilegais de compartilhamento de arquivo.

O grupo acrescentou que mais de 2.300 pessoas já haviam feito acordos em seus processos. O montante médio das indenizações pagas gira em torno de 2.420 euros (US$ 3.034). John Kennedy, chairman e presidente-executivo da IFPI, afirmou à Reuters estar animado com os avanços feitos recentemente, mas ressaltou que a luta contra a pirataria online é uma batalha constante.

"As coisas não estão ficando mais fáceis, mas ficamos animados o suficiente com os resultados para continuar agindo", disse Kennedy, que está no Brasil. "Mas o assunto nunca será colocado totalmente de lado". Segundo o dirigente da IFPI, o sucesso das conexões de banda larga somava-se à ameaça das ações jurídicas e ao medo de vírus virtuais, encorajando um número cada vez maior de usuários a optarem por serviços de download legais.

Apesar de os custos envolvidos na adoção de medidas jurídicas caso a caso terem se mostrado altos, Kennedy disse que a indústria da música havia obtido mais de 100 milhões de dólares no acordo firmado recentemente com o Kazaa, uma das redes de compartilhamento de arquivos mais conhecidas do mundo.

"Isso colocou algum dinheiro de volta no fundo da guerra que travamos para tentar limpar o mundo online", afirmou. "As medidas processuais vão apenas se tornar mais comuns e começarão a atingir outros países se houver uma chance de que sejam bem-sucedidas."

Os downloads legais representam cerca de 11 por cento do total de venda de músicas, mas ainda não compensam a queda nas vendas de CD. O número total de músicas vendidas caiu 4 por cento na primeira metade de 2006. Segundo Kennedy, os esforços para ver as vendas digitais compensarem as perdas com o formato físico são o "santo graal" da indústria da música. Ele afirmou esperar que isso aconteça já em 2007.






Você pode gostar