Brasil

Fidel foi figura histórica, diz ministro do Reino Unido

Por Agência Estado 26/11/2016 7h33

O ministro de Relações Exteriores do Reino Unido, Boris Johnson, divulgou nota para comentar a morte do ex-presidente cubano Fidel Castro, anunciada na manhã de hoje. “O Reino Unido expressa suas condolências ao governo e ao povo de Cuba, e à família do ex-presidente. A morte de Fidel Castro marca o fim de uma era para Cuba e o início de uma nova para o povo cubano”, trouxe a nota divulgada esta tarde à imprensa.

O comunicado diz que a liderança de Fidel Castro na Revolução Cubana de 1959 o marcou como uma figura histórica, embora controversa. “O Reino Unido continuará a trabalhar com o governo de Cuba em uma ampla gama de prioridades de política externa, incluindo os direitos humanos.”

Fonte: Estadao Conteudo






Você pode gostar