Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Ex-namorado de jovem morta na saída da escola confessa crime, diz polícia

Ele foi encaminhado para o Deic (Delegacia de Investigações Criminais) de Taubaté onde prestou depoimento

Por FolhaPress 21/05/2022 4h43
Foto: Reprodução / Redes sociais

Simone Machado

O adolescente de 17 anos suspeito de matar a estudante Juliana Fernandes Cândido, 19, foi apreendido na noite desta sexta-feira (20) pela Polícia Civil, em São José dos Campos (SP). Ele confessou que matou a ex-namorada, segundo a polícia.

Segundo informações da Polícia Civil, o adolescente se apresentou no 3º Distrito Policial acompanhado pelos pais. Ele foi encaminhado para o Deic (Delegacia de Investigações Criminais) de Taubaté onde prestou depoimento.

Ainda segundo a Polícia Civil, ele alegou que atirou na ex-namorada após descobrir uma suposta traição. A arma do crime ainda não foi localizada e, segundo a polícia, ele não revelou como conseguiu o revólver.

O suspeito vai responder por ato infracional análogo a homicídio e será encaminhado para Fundação Casa. O jovem vai completar 18 anos na próxima semana.

Desde o dia do crime, o adolescente, de 17 anos, era apontado como principal suspeito pelo assassinato de Juliana. A hipótese era que o rapaz matou a ex-namorada por não aceitar o fim do relacionamento.

Segundo a família da estudante, o casal estava junto havia cerca de um ano. Os familiares ainda não sabiam do rompimento da relação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em conversa encontrada pelos familiares no celular de Juliana, entre o suspeito e a estudante, o rapaz se recusava a aceitar o término da relação. “Agora que estou parando com tudo por você, você quer me largar? Se liga…Vai terminar comigo o c*”, escreveu ele em uma sequência de mensagens enviadas a Juliana. “Saiba que você irá me matar”, acrescentou o rapaz em outra mensagem.








Você pode gostar