Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

EUA fazem doação de mais de 2 milhões de doses de vacinas AstraZeneca contra Covid-19 para o Brasil

Para além das vacinas e outros medicamentos, o governo norte-americano já contribuiu com R$ 110 milhões em assistência direta

O Brasil recebeu, no início da manhã deste domingo (21), doação de um lote de 2.187.300 doses da vacina AstraZeneca contra a Covid-19, fornecidas pelo governo dos Estados Unidos. Esta doação, recebida no Aeroporto Internacional de Viracopos em Campinas (SP), foi realizada por meio de um acordo bilateral entre os EUA e o Brasil no combate ao coronavírus.  

Esta é uma de muitas grandes ações de parceria entre os EUA e o Brasil para o combate ao vírus. Em junho deste ano aconteceu uma das maiores doações de vacinas contra Covid-19 feitas pelo governo dos Estados Unidos em todo o mundo. Essa remessa contava com três milhões de doses da vacina Johnson & Johnson, de dose única.  

Essa assistência é mais um exemplo da vitalidade da relação EUA-Brasil. Os EUA têm estado ao lado do Brasil desde o início da pandemia. Para além das vacinas e outros medicamentos, o governo norte-americano já contribuiu com R$ 110 milhões em assistência direta, o setor privado dos EUA com mais de R$ 412 milhões. Os EUA também doaram mil ventiladores pulmonares, equipamentos de proteção, ofereceram cooperação técnica e muitos outros tipos de assistência ao Brasil.  

O presidente Biden e nosso governo estão comprometidos com a luta contra a pandemia em todo o mundo. Os EUA já enviaram mais de 250 milhões de doses de vacinas contra Covid-19 para outros países, refletindo nosso compromisso de trabalharmos juntos para vencer a Covid-19 e recuperar as nossas economias. 

Estadão Conteúdo








Você pode gostar