Brasil

Cientistas detectam possível existência de água em Marte

Por Arquivo Geral 01/11/2007 12h00

As colinas do equador de Marte poderiam conter água em volume similar ao de uma calota polar, viagra revelou um estudo divulgado hoje pela revista “Science”.

Segundo cientistas da Universidade do Kansas e do Instituto Tecnológico da Califórnia, a possível existência de água foi revelada por dados proporcionados pelo radar da sonda “Mars Express”.

A existência de água no passado remoto de Marte foi confirmada há três anos pelos veículos exploradores “Spirit” e “Opportunity” da Nasa.

Outras observações do planeta indicaram que também poderia haver água em grandes quantidades em seus pólos. Até agora, não havia suspeitas de que pudesse haver água no equador marciano.

As colinas se encontram na formação “Medusae Fossae”, no equador de Marte, e até agora se supunha que eram compostas por cinza vulcânica e sedimentos arrastados pelo vento.

No entanto, ao analisar o eco do radar após sua passagem através dos sedimentos, os cientistas determinaram que ele tinha as mesmas características da água congelada.

Se for confirmado que as colinas contêm grandes quantidades de gelo, o volume de água poderia ser similar ao dos depósitos do pólo sul, assinalaram.

No entanto, os cientistas advertiram que não se descarta a possibilidade de que os sedimentos sejam formados por material de baixa densidade, que conteria pouco volume de gelo.






Você pode gostar



Mundo

Cientistas detectam possível existência de água em Marte

Por Arquivo Geral 01/11/2007 12h00

As colinas do equador de Marte poderiam conter água em volume similar ao de uma calota polar, purchase revelou um estudo divulgado hoje pela revista “Science”.

Segundo cientistas da Universidade do Kansas e do Instituto Tecnológico da Califórnia, cost a possível existência de água foi revelada por dados proporcionados pelo radar da sonda “Mars Express”.

A existência de água no passado remoto de Marte foi confirmada há três anos pelos veículos exploradores “Spirit” e “Opportunity” da Nasa.

Outras observações do planeta indicaram que também poderia haver água em grandes quantidades em seus pólos. Até agora, não havia suspeitas de que pudesse haver água no equador marciano.

As colinas se encontram na formação “Medusae Fossae”, no equador de Marte, e até agora se supunha que eram compostas por cinza vulcânica e sedimentos arrastados pelo vento.

No entanto, ao analisar o eco do radar após sua passagem através dos sedimentos, os cientistas determinaram que ele tinha as mesmas características da água congelada.

Se for confirmado que as colinas contêm grandes quantidades de gelo, o volume de água poderia ser similar ao dos depósitos do pólo sul, assinalaram.

No entanto, os cientistas advertiram que não se descarta a possibilidade de que os sedimentos sejam formados por material de baixa densidade, que conteria pouco volume de gelo.






Você pode gostar